Início / Agricultura / Governo Regional continua a apoiar Associação de Produtores de Café dos Açores

Governo Regional continua a apoiar Associação de Produtores de Café dos Açores

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O secretário Regional da Agricultura e Florestas afirmou hoje, 5 de Dezembro, na Ilha Terceira, que o Governo vai continuar a apoiar a Associação de Produtores de Café dos Açores.

“Este apoio é essencial para continuarmos a desenvolver a cultura do café, que está em franca expansão nos Açores, particularmente na ilha Terceira, e justifica-se porque se insere na estratégia do Governo para a expansão do sector da diversificação agrícola”, salientou João Ponte.

Cerca de 12 mil plantas de café

O secretário Regional destacou que “o número de plantas de café na ilha Terceira não para de crescer”, estimando-se que existam actualmente “cerca de 12 mil plantas e nos próximos anos a expectativa é que a produção de café continue a crescer”.

João Ponte falava no final de uma reunião com a Direcção da Associação dos Produtores Açorianos de Café.

O governante referiu que os produtores estão muito entusiasmados com trajecto que esta cultura está a fazer e que, desde a primeira hora, o Governo dos Açores tem apoiado a associação no sentido desta cultura ter condições para progredir e constituir-se como mais uma produção agrícola com relevo na Região.

Instalações em Angra do Heroísmo

João Ponte destacou que o Governo dos Açores já cedeu instalações em Angra do Heroísmo para esta associação, com 40 associados, se poder instalar e apoio financeiro para a aquisição de equipamentos necessários à transformação do café.

Por outro lado, realçou a importância da parceria estratégica que a Associação de Produtores de Café fez com a Delta, no sentido de reforçar o conhecimento de novas práticas e métodos produtivos, com vista ao apuramento da qualidade deste produto.

O secretário Regional salientou ainda que, além do café, os Açores têm um potencial produtivo muito bom para culturas subtropicais, como a anona, a banana, o maracujá, a pêra abacate, entre outras, que importa aproveitar e incrementar a sua produção, conforme aponta também o Plano Estratégico da Fruticultura, com o objectivo de reforçarmos a capacidade exportadora da Região.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Docapesca investe 180 mil euros para reabilitar Lota da Nazaré

Partilhar            A Docapesca – Portos e Lotas adjudicou a empreitada de reabilitação da Lota da Nazaré …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.