Início / Agricultura / Governo levanta cerca sanitária no município de Odemira

Governo levanta cerca sanitária no município de Odemira

O Governo aprovou hoje, 11 de Maio, em Conselho de Ministros, por via electrónica, a resolução que procede ao levantamento da cerca sanitária actualmente aplicável nas freguesias de São Teotónio e Longueira/Almograve, município de Odemira.

A medida entra em vigor às 00h00h do dia 12 de Maio de 2021.

Segundo o comunicado do Conselho de Ministros extraordinário, “atendendo à evolução positiva da situação epidemiológica verificada naquelas freguesias, decorrente em grande medida da implementação de mecanismos para a mitigação das dificuldades que o elevado grau de mobilidade e as dinâmicas próprias daquela zona geográfica criavam no combate à propagação do vírus SARS-CoV-2, decidiu o Governo alterar as medidas de restrição da circulação que estavam em vigor desde 30 de Abril”.

CAP quer conhecer resultados das inspecções

Relembre-se que a CAP — Confederação dos Agricultores de Portugal anunciou hoje que quer conhecer os resultados das inspecções realizadas pela Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) e pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) nos últimos dias aos trabalhadores agrícolas do concelho de Odemira. Isso mesmo já pediu à ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho.

“A agricultura no perímetro de rega do Mira está no centro de “uma polémica cuja adesão à realidade dos factos e números tem que ser demonstrada”, dizem aqueles agricultores. Em particular “importa conhecer a realidade nas freguesias de São Teotónio e Longueira-Almograve, cujas empresas aí localizadas somam prejuízos de milhões de euros com toneladas de hortofrutícolas perecíveis totalmente desperdiçados”.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Projecto InfraVini organiza webinar Gestão do Impacto das Alterações Climáticas na Vinha

Partilhar               O webinar “Gestão do Impacto das Alterações Climáticas na Vinha”, organizado âmbito do projecto …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.