Início / Apoios e Oportunidades / Governo dos Açores avança com compensação de 50 euros por tonelada aos armadores da pesca do atum

Governo dos Açores avança com compensação de 50 euros por tonelada aos armadores da pesca do atum

O Governo Regional dos Açores, através da Secretaria Regional do Mar e das Pescas, vai avançar com uma compensação aos armadores da pesca do atum. Manuel São João referiu hoje, 16 de Novembro, que foi alcançado um acordo quando a uma compensação de 50 euros por tonelada a atribuir a todos os armadores cujas embarcações efectuaram descargas de atum bonito que não no seu porto de registo.

Até ao dia 14 de Novembro, tinham sido descarregadas 6.197 toneladas de bonito nos portos de pesca da Região, mais 5.340 toneladas do que no ano anterior

“É o cumprir de um compromisso assumido, face aos constrangimentos que se verificaram na safra deste ano ao nível da capacidade de armazenamento e congelação na rede de frio da Lotaçor” adiantou o secretário Regional do Mar e das Pescas, no final de uma reunião com a Federação das Pescas dos Açores e com a APASA — Associação de Produtores de Atum e Similares nos Açores.

Apoio a partir de 27 de Julho de 2021

O acordo alcançado com a FPA e a APASA contempla a atribuição do apoio a partir de 27 de Julho, data em que os constrangimentos se fizeram sentir com maior incidência, revela um comunicado de imprensa do Executivo açoriano.

Em 2021, apenas os entrepostos de Ponta Delgada e da Madalena do Pico estiveram em pleno funcionamento, face às obras de reabilitação levadas a cabo nos entrepostos de Santa Maria e Horta.

Até ao dia 14 de Novembro, tinham sido descarregadas 6.197 toneladas de bonito nos portos de pesca da Região, mais 5.340 toneladas do que no ano anterior.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Armadilhas do Município de Montalegre já capturaram 14.801 vespas asiáticas em 2024

Partilhar              A Câmara Municipal de Montalegre tem em curso, desde inícios de Março, a nova campanha …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.