Início / Featured / Governo dá prazo de 60 dias à Turistrela para apresentar plano de investimento para o desenvolvimento turístico sustentável da Serra da Estrela

Governo dá prazo de 60 dias à Turistrela para apresentar plano de investimento para o desenvolvimento turístico sustentável da Serra da Estrela

O secretário de Estado do Turismo, Comércio e Serviços, Nuno Fazenda, notificou a Turistrela — Turismo da Serra da Estrela, para, “num prazo não superior a 60 dias”, apresentar “um plano de investimentos para o desenvolvimento turístico sustentável da Serra da Estrela” e a “criação da Comissão de Acompanhamento do Desenvolvimento Turístico da Serra da Estrela”.

Explica o governante, no seu Despacho n.º 3923/2023, de 29 de Março, que “nos termos da proposta do Turismo de Portugal, relativamente à actual situação do contrato de concessão da exploração do turismo e do desporto na Serra da Estrela”, aquele conclui a manutenção do referido contrato, “no pressuposto de ser apresentado um plano de investimentos para o desenvolvimento turístico da Serra da Estrela, devidamente detalhado e calendarizado, com as respectivas fontes de financiamento identificadas”.

“Existindo disponibilidade por parte da concessionária para proceder de acordo com o proposto, entende-se promover o início de um novo ciclo de desenvolvimento turístico no âmbito da referida concessão”, acrescenta o Despacho.

E salienta “a premência de dar um novo impulso ao desenvolvimento turístico do interior, onde se inclui a zona da Serra da Estrela, aproveitando as tendências do mercado e o novo perfil da procura que apontam para um turismo mais sustentável, mais diversificado e cada vez mais qualificado, preservando a autenticidade e a natureza”.

“A Serra da Estrela possui um património natural e histórico cultural inigualável que importa preservar, valorizar e projectar, pelo que se justifica estimular a cooperação entre os vários agentes de desenvolvimento do território”, frisa o governante, adiantando que “é necessário assegurar a implementação de um novo plano de investimentos, coerente e consistente e aberto a investimentos que contribuam decisivamente para um novo dinamismo do destino Serra da Estrela”.

Por outro lado, frisa que “a implementação do referido plano de investimentos deve ser concretizada em estreita articulação e cooperação com outras entidades, nomeadamente de âmbito local, regional e sectorial”.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Confagri. Vídeos “As Cooperativas e a Inovação na Agricultura”. Conheça as Organizações de Produtores e a carne de raças autóctones

Partilhar              A Confagri – Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas lançou o projecto “As Cooperativas e a Inovação na …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.