Início / Empresas / Governo aumenta taxa de carbono em 2 cêntimos no gasóleo e 1,8 cêntimos na gasolina

Governo aumenta taxa de carbono em 2 cêntimos no gasóleo e 1,8 cêntimos na gasolina

O Ministério das Finanças informa que “o Governo continua a apoiar todos os consumidores através de uma redução nos impostos sobre os combustíveis, mantendo medidas de mitigação do aumento dos preços”, mas, ao mesmo tempo, “prossegue o descongelamento gradual da actualização do adicionamento sobre as emissões de CO2 (taxa de carbono) iniciado no mês de Maio, actualizando a taxa em 2 cêntimos no gasóleo e 1,8 cêntimos na gasolina”.

Somando-se os 7 cêntimos por litro resultantes da subida das cotações do crude e dos refinados nos mercados internacionais, os combustíveis vão ficar mais caros cerca de 9 cêntimos a partir de segunda-feira.

Em comunicado de imprensa, o Ministério das Finanças refere que o Governo mantém inalterado para o mês de Agosto o desconto no imposto sobre produtos petrolíferos e energéticos (ISP) em vigor, traduzindo-se num desconto de 13,1 cêntimos por litro no gasóleo e de 15,3 cêntimos por litro na gasolina.

“Tendo em conta as medidas em vigor, a redução da carga fiscal passará a ser de 23 cêntimos por litro de gasóleo e de 25 cêntimos por litro de gasolina”, refere o mesmo comunicado acrescentando que “as medidas adoptadas pelo Governo têm em vista os objectivos ambientais e o alinhamento gradual do peso dos impostos sobre os combustíveis em Portugal com a média da Zona Euro”.

Adianta ainda o Ministério das Finanças que “no quadro das medidas de apoio ao sector agrícola, mantém-se a redução de 6 cêntimos por litro na tributação do gasóleo agrícola“.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Garland Logistics obtém Certificação IFS Logistics para armazenamento e transporte de bens alimentares

Partilhar              A Garland Logistics, empresa de logística do Grupo Garland, obteve a exigente certificação pelo Standard …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.