Início / Agricultura / Governo aprova auto-liquidação do IVA nas transmissões de bens de produção silvícola

Governo aprova auto-liquidação do IVA nas transmissões de bens de produção silvícola

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Conselho de Ministros aprovou hoje, 10 de Outubro, o decreto-Lei que estabelece um mecanismo de auto-liquidação do IVA relativamente a transmissões de bens de produção silvícola.

O diploma dá execução à autorização legislativa prevista na Lei do Orçamento do Estado para 2019 no que respeita à introdução de uma regra de inversão do sujeito passivo para efeitos do IVA no sector da silvicultura.

A partir de 1 de Janeiro de 2020

A partir de 1 de Janeiro de 2020 e até 31 de Dezembro de 2022, nas transmissões de cortiça, madeira, pinhas e pinhões com casca, o IVA passa a ser devido e entregue ao Estado pelos sujeitos passivos adquirentes.

Segundo o comunicado do Conselho de Ministros, o Governo pretende, por via deste mecanismo, “implementar um meio eficaz de luta contra os fenómenos de fraude e evasão que se vêm detectando neste sector, permitindo-se, em simultâneo, eximir da obrigação de liquidação e entrega de imposto um número significativo de sujeitos passivos de dimensão reduzida”.

Plano de Situação de Ordenamento do Espaço Marítimo Nacional

O Executivo aprovou ainda a versão final do Plano de Situação de Ordenamento do Espaço Marítimo Nacional (PSOEM) para as subdivisões Continente, Madeira e Plataforma Continental Estendida.

O PSOEM vem dar “um importante contributo para a coesão nacional, reforçando a ligação do continente aos arquipélagos da Madeira e dos Açores, consolidando a componente geopolítica do designado Triângulo Estratégico Português como uma centralidade marítima na bacia do Atlântico”, refere o comunicado do Conselho de Ministros.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Covid-19 leva a um crescimento de 19,8% no abate de bovinos. O maior da última década

Partilhar            A pandemia do Covid-19, com o decreto do Estado de Emergência e das medidas de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.