Início / Empresas / Governo alerta para atrasos no pagamento de contribuições para a Segurança Social

Governo alerta para atrasos no pagamento de contribuições para a Segurança Social

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Governo, através do seu portal, está a alertar que as entidades empregadoras são responsáveis pelo pagamento das contribuições à Segurança Social, tanto da parte da sua responsabilidade (23,75%), como da parte retida ao trabalhador (11%). A liquidação das contribuições deve ser feita entre os dias 10 e 20 do mês seguinte àquele a que as contribuições dizem respeito.

Com a entrada em vigor do Código Contributivo, em 2011, o não pagamento das contribuições dentro do prazo constitui contra-ordenação leve se cumprida no prazo de 30 dias, e grave nas demais situações.

No caso das contra-ordenações leves, a coima varia entre 50 e 500 euros. No caso das contraordenações graves, a coima varia entre 300 e 2.400 euros.

“A notificação sistemática das entidades empregadoras que não paguem as contribuições à Segurança Social dentro do prazo inicia-se em Março, sendo realizadas com uma periodicidade mensal”, salienta o Executivo.

Notificação em massa

O primeiro processo de notificação em massa irá ocorrer em relação aos pagamentos de Fevereiro, ou seja, as entidades empregadoras que, neste mês, não paguem as contribuições dentro do prazo, serão notificadas do processo de contra-ordenação em Março.

A entrega da declaração de remunerações fora do prazo (após o dia 10 de cada mês) constitui também contra-ordenação, nos mesmos termos e montantes.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Apormor repudia intenção do Governo de criar uma Direcção-Geral dependente do Ambiente para a sanidade e bem-estar animal

Partilhar            A Apormor — Associação de Produtores do Mundo Rural da Região de Montemor-o-Novo associa-se a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.