Início / Agricultura / Gosta de saber o que come e conhecer quem produz? Fale com a Campónio

Gosta de saber o que come e conhecer quem produz? Fale com a Campónio

“Volte às origens e viva os prazeres do campo”, é o convite da startup Campónio. As reservas podem ser feitas online  para poder seleccionar e apanhar os seus próprios morangos, saber como o seu queijo é feito, e colher as uvas do seu próximo vinho. Tudo isto directamente com os produtores.

Com a Campónio pode passar um dia a visitar hortas, quintas, adegas, lagares de azeite, participar no ciclo de produção dos produtos – que pode levar para casa –, saber como os animais vivem no campo, o que é agricultura biológica e outras curiosidades rurais.

Criada em Fevereiro de 2017, com uma estratégia direccionada para o mercado nacional e internacional, a portuguesa Campónio apresenta-se ao mercado como um novo projecto que permite ao consumidor viver a experiência da produção agrícola com os respectivos agricultores locais.

O Campónio funciona como plataforma online agregadora de experiências que se diferenciam por serem realizadas directamente com verdadeiros produtores locais. As experiências permitem ao cliente não só conhecer, mas principalmente participar em todo o processo que envolve os produtos do campo, desde a sua origem, à colheita, até à sua confecção.

“A criação do Campónio surge da necessidade de muitas pessoas, particularmente nos centros urbanos, conhecerem a verdadeira origem dos produtos que consomem diariamente. Essa aquisição de conhecimento é realizada através de experiências directamente com os principais intervenientes do campo – os produtores e agricultores locais – e incluí visita às produções agrícolas, workshops práticos, experiências de colheita e degustação/almoço nas próprias produções agrícolas” diz o fundador do Campónio, Estêvão Anacleto.

Ideia recente

Foi em Junho de 2016, após várias visitas a explorações agrícolas, que Estêvão Anacleto, licenciado em Engenharia do Ambiente, teve a ideia de criar uma plataforma que permitisse o acesso, a qualquer pessoa, a visitar e conhecer os verdadeiros produtores agrícolas locais, dando a oportunidade a estes de comercializarem directamente os seus produtos.

Desde o início do projecto que o trabalho se tem focado na angariação de novos parceiros. Actualmente estão já disponíveis 9 produtores com a capacidade de proporcionar diversas experiências, entre as quais acompanhar o processo de criação de cogumelos shiitake; conhecer uma exploração de framboesas; ver como se criam morangos suspensos; visitar uma exploração de ervas aromáticas biológicas; ver como se produzem caracóis em estufa; e conhecer os processos inerentes a uma quinta biológica.

Com a Campónio pode ainda participar na elaboração de cerveja artesanal, conhecer como se plantam hortaliças sem solo e fazer um passeio de barco no Tejo até à quinta.

Variedade das experiências

“A estratégia do Campónio centra-se na aposta na variedade das experiências, nas várias áreas da agricultura. Acreditamos que temos um produto diferenciador, tanto para o mercado nacional como internacional. Cada vez mais se torna importante conhecer a origem dos alimentos que consumimos diariamente, as pessoas devem estar informadas, devem conhecer quem produz, como é produzido e como chega à nossa mesa, esta é a base do crescimento que se tem verificado no consumo de alimentos saudáveis e na introdução de dietas que potenciam estilos de vida saudáveis. Esta é uma indústria em expansão onde temos, uma vez mais, a oportunidade de provar o valor e o talento nacional através dos nossos produtores locais”, refere Estêvão Anacleto.

O projecto campónio teve início em 2016, como ideia de negócio, que depressa se tornou num projecto real através da nomeação para finalista e posterior vencedor, do 1º Concurso de Ideias de Negócio Ribatejo Empreende.

As primeiras experiências tiveram inicio em Março de 2017 e continuarão a decorrer durante todo o ano, com o objectivo de divulgar o que é nacional, os produtores, os produtos, a cultura e património, as origens de Portugal, através da realização de experiências autênticas com os verdadeiros protagonistas do campo.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Chega recomenda ao Governo reversão da extinção das Direcções Regionais de Agricultura

Partilhar              O Grupo Parlamentar do Chega (CH) recomenda ao governo que “reverta a decisão de extinção …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.