Início / Agenda / GO Figo Produção leva seminário final “O Figueiral do Futuro” a Torres Novas. Participação gratuita

GO Figo Produção leva seminário final “O Figueiral do Futuro” a Torres Novas. Participação gratuita

O Grupo Operacional Figo Produção realiza o seu seminário final , intitulado “O Figueiral do Futuro”, já na próxima sexta-feira, dia 1 de Outubro, na Biblioteca Municipal de Torres Novas, a partir das 9 horas.

Neste seminário para além da apresentação dos resultados finais de cada linha de investigação desenvolvida neste projecto, este evento contará ainda com a colaboração de vários convidados que abordarão aspectos como a valorização do figo e as perspectivas comerciais para a cultura do figo.

O evento termina com uma visita técnica à Frusel — Frutos Seleccionados, empresa de transformação e embalamento de frutos secos e aperitivos.

A participação é gratuita e ainda se pode inscrever, aqui. Programa aqui.

GO Figo Produção

O Grupo Operacional Figo Produção é liderado pela Rosagro — Sociedade Agrícola e tem como parceiros o COTHN — Centro Operativo e Tecnológico Hortofrutícola Nacional, o INIAV — Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, a Associação Qualifica/Origin Portugal, a Casal dos Cardos — Sociedade Agrícola e o Instituto Superior de Agronomia.

A mobilização, a fertilização e a poda são técnicas culturais realizadas pelos produtores de figo, de forma empírica, e que por vezes não são as mais adequadas, explicam os responsáveis por este Grupo Operacional. Desta forma pretendem demonstrar através da comparação entre o que o produtor faz habitualmente e o que seria tecnicamente mais aconselhado. Esta demonstração é efectuada em pomares da cultivar de figueira ‘Pingo de mel’ e da cultivar ‘Figo preto de Torres Novas’.

Na poda é comparada a poda de Inverno, praticada pelos produtores, com a poda de Inverno e de Verão ou em verde. O resultado esperado é a melhoria da qualidade e o aumento do rendimento dos pomares, devido à redução dos custos com a mão-de-obra uma vez que as figueiras terão um porte mais reduzido.

O Grupo Operacional Figo Produção pretende ainda observar as pragas e as doenças e proceder ao seu controlo em comparação com o não controlo como habitualmente é efectuado pelos produtores. O resultado esperado é o aumento da produção e da qualidade da mesma.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Volume de capturas de pescado em Portugal diminui 29% em Abril de 2022

Partilhar              O volume de capturas de pescado em Portugal diminuiu 29% em Abril de 2022 (-31,3% …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.