Início / Featured / GNR apreende 205 toneladas de pescado congelado na Gafanha da Nazaré

GNR apreende 205 toneladas de pescado congelado na Gafanha da Nazaré

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Unidade de Controlo Costeiro (UCC), através do Sub-destacamento de Controlo Costeiro de Aveiro apreendeu, dia 1 de Maio, mais de 205 toneladas de pescado congelado, no valor estimado de 1,2 milhões de euros, na localidade de Gafanha da Nazaré, no concelho de Ílhavo.

Refere um comunicado da Guarda nacional Republicana (GNR) que, no decorrer de uma acção de fiscalização de pescado, os militares da Guarda detectaram uma descarga de pescado não autorizada, uma vez que todo o pescado deveria estar selado nos porões do navio, tendo sido detectada e apreendida cerca de uma tonelada de pescado fora dos porões.

205 toneladas de pescado de diversas espécies

No decurso da fiscalização, e após confrontação com o documento de declaração de carga e com o documento de controlo das descargas controladas pela Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM), os militares apuraram que estavam nos porões 205 toneladas de pescado de diversas espécies, que foram apreendidas, bem como um pé-de-cabra, uma chave de estrias, uma empilhadora e dois restos de selos inutilizados.

Foi identificado o capitão do navio, um homem de 69 anos, pelos crimes de descaminho ou destruição de objectos colocados sob o poder público e quebra de marcas e de selos, e os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Ílhavo. No decorrer da acção foram ainda identificados mais 13 homens, acrescenta o mesmo comunicado.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Açores já têm formados os primeiros 18 auditores para o bem-estar animal na produção de leite e carne

Partilhar            A Região Autónoma dos Açores já tem formados os primeiros 18 auditores para o bem-estar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.