Início / Agricultura / GNR apreende 104 cavalos em exploração pecuária em Aljustrel

GNR apreende 104 cavalos em exploração pecuária em Aljustrel

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Comando Territorial de Beja, através do Núcleo de Protecção Ambiental de Aljustrel, no dia 6 de Novembro, apreendeu 104 cavalos durante uma fiscalização a duas explorações pecuárias, nos concelhos de Aljustrel e Ferreira do Alentejo, diz um comunicado da Guarda Nacional Republicana (GNR).

SOS Ambiente e Território

A acção, efectuada na sequência de uma denúncia efectuada através da linha SOS Ambiente e Território, permitiu fiscalizar 115 equídeos, dos quais 104 foram apreendidos por falta de identificação e de condições de salubridade.

No seguimento da fiscalização foi ainda detectada uma infracção por falta de registo de exploração pecuária e levantados os autos de contra-ordenação por falta de identificação de equídeos e de bem-estar animal, punidos com coimas cujo valor máximo pode atingir os 3 750 euros, acrescenta a Guarda Nacional Republicana no mesmo comunicado.

Acção conjunta

Esta acção foi realizada em conjunto com elementos da DGAV — Direcção Geral de Alimentação e Veterinária da Região do Alentejo, da DRAP Alentejo — Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Alentejo e dos Médicos Veterinários Municipais de Aljustrel e Ferreira do Alentejo, acrescenta o mesmo comunicado da GNR.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Ouriços-do-mar. Investigadores da UC querem tornar viável a produção de “caviar português” em aquacultura

Partilhar            Tornar viável a produção de ouriços-do-mar em aquacultura, de forma rentável e com reduzido impacto …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.