Início / Agricultura / Gado abatido regista queda de 6,6% em Maio de 2020

Gado abatido regista queda de 6,6% em Maio de 2020

O peso limpo total de gado abatido e aprovado para consumo em Maio de 2020 foi 37.245 toneladas, o que correspondeu a um decréscimo de 6,6% (-13,7% em Abril), devido ao volume de abate inferior registado nos suínos (-8,5%), ovinos (-13,3%), caprinos (-29,1%) e equídeos (-43,3%), divulga o Instituto Nacional de Estatística (INE), no seu Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Julho de 2020. Em contrapartida, os bovinos tiveram um acréscimo de 2,1%.

Em relação ao número de animais abatidos, observaram-se igualmente decréscimos no número de suínos (-13,6%), ovinos (-16,5%), caprinos (-23,9%) e equídeos (-50,0%). Já o número de bovinos aumentou 2,0%.

Covid-19

Explicam os técnicos do Instituto Nacional de Estatística que as medidas de desconfinamento e a reabertura da restauração a partir do dia 18 de Maio não se traduziram no aumento da produção, tendo-se observado neste mês que o decréscimo da produção foi acompanhado pela diminuição em 7,0% do índice de preços no produtor para a produção animal, nomeadamente para bovinos (menos 4,7%), suínos (menos 9,4%), ovinos e caprinos (menos 17,6%) e aves de capoeira (menos 17,4%).

Os produtos lácteos tiveram um decréscimo do volume de produção de 3,3%, sendo de assinalar a redução no leite para consumo, leites acidificados e queijo de vaca.

Continuou a assistir-se igualmente a uma menor quantidade de pescado capturado (menos 12,0%) e a uma descida do preço médio em lota (menos 9,8%).

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 more

Verifique também

Produtores de leite da Póvoa de Varzim em risco de falência pedem para serem pagos ao preço mínimo de 38 cêntimos/litro

Partilhar             more  Caso não exista um aumento do preço do leite a breve prazo, toda a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.