Início / Política / Ambiente / Fundação Vodafone apresenta 1ª Aldeia Inteligente de Montanha

Fundação Vodafone apresenta 1ª Aldeia Inteligente de Montanha

A Fundação Vodafone Portugal e a Câmara Municipal de Seia transformaram a aldeia mais emblemática da Serra da Estrela, o Sabugueiro, na primeira Aldeia Inteligente de Montanha, onde implementaram diversas soluções tecnológicas, ao nível da sustentabilidade ambiental, mobilidade e saúde, fazendo deste território uma montra de boas práticas e inovação.

A Fundação Vodafone colaborou com a Câmara de Seia através da criação de um projecto-piloto, designado por Aldeia Inteligente de Montanha (Smart Mountain Village), com o objectivo de instalar soluções tecnológicas na aldeia do Sabugueiro que contribuam para a melhoria da qualidade de vida da comunidade, e que possam funcionar como alavanca para a melhoria do desempenho ambiental e desenvolvimento económico deste espaço rural, uma das nove aldeias de montanha.

Sempre respeitando os traços da aldeia e da sua envolvente, a Fundação Vodafone e os seus parceiros implementaram tecnologia funcional e utilitária, como pilar de uma sociedade sustentável, em áreas tão diversas como a eficiência energética dos edifícios e domicílios, a mobilidade, a saúde, a iluminação pública e os recursos hídricos do Sabugueiro. No terreno, deu-se a instalação, por exemplo, de soluções M2M (Machine to Machine) ou IoT (Internet of Things) que permitem responder eficazmente a algumas das necessidades e desafios que hoje se colocam à nossa sociedade.

“Este projecto-piloto procura, acima de tudo, valorizar as potencialidades e o aproveitamento socioeconómico das zonas interiores e populações rurais, antecipando o futuro e as necessidades tecnológicas que os cidadãos, cada vez mais, têm ao nível da inovação, criatividade e empreendedorismo. Por norma, estamos habituados a ouvir falar da aplicação deste tipo de tecnologias em grandes espaços urbanos. Mais rara é a sua disponibilização em espaços afastados dos principais centros de decisão, razão pela qual sentimos agora um redobrado orgulho com o programa desenvolvido no Sabugueiro. É um exemplo de sucesso de utilização da tecnologia de ponta ao serviço da Sociedade”, refere o presidente da Fundação Vodafone Portugal, Mário Vaz.

Economia eléctrica de 20%

O investimento gerou, entre outras transformações, economias de cerca de 20% ao nível da energia doméstica e de cerca de 9% no consumo de energia eléctrica na rede pública; na vertente de recursos hídricos, uma redução nas perdas reais da rede de distribuição de água da freguesia na ordem dos 12%; na área da saúde, a colaboração com os prestadores de cuidados de saúde ao nível da monitorização remota de sinais vitais (nomeadamente glicémia e tensão arterial); a redução dos custos de transporte dos utentes e emissão de carbono nas distâncias percorridas entre o Sabugueiro e o Centro de Saúde, com recurso a um veículo eléctrico a funcionar numa lógica de Eco Táxi Social; o acesso da população à rede de fibra de última geração da Vodafone como motor de combate à info-exclusão e factor de competitividade económica.

Para o presidente da Câmara Municipal de Seia, Carlos Filipe Camelo, “apostar num modelo de desenvolvimento que associa criatividade, tecnologia inteligente e conhecimento para responder aos desafios actuais dos territórios de baixa densidade, incorporando equilíbrio ambiental e eficiência dos recursos naturais é uma das prioridades das políticas do município de Seia. Neste contexto, ter como parceiro estratégico a Fundação Vodafone na implementação do projecto Sabugueiro, 1.ª Aldeia Inteligente de Montanha é algo que me deixa muito orgulhoso e reconhecido enquanto autarca”.

Segundo Jorge Brito, presidente da Associação de Desenvolvimento Integrado da Rede de Aldeias de Montanha, “a Rede de Aldeias de Montanha é um projecto regional de desenvolvimento integrado, que aposta na diferenciação dos territórios de Montanha enquanto factor de competitividade e de autenticidade. O Projecto da 1.ª Aldeia Inteligente de Montanha, no Sabugueiro, é um claro exemplo de inovação e resiliência. Um projecto altamente diferenciador que associa a imponência da montanha e a preocupação pelo bem-estar das pessoas enquanto capital mais valioso dos territórios. A inteligência e o conhecimento aliados ao serviço das pessoas e do seu bem-estar”.

Para Pedro Machado, presidente da Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal, “esta aposta da Fundação Vodafone, na modernização e sustentabilidade da região, irá impactar não somente os habitantes do Sabugueiro e sua envolvente, mas também as milhares de pessoas que visitam esta aldeia tão característica de Portugal, localizada acima dos mil metros de altitude”.

O projecto-piloto foi implementado em parceria com a Unidade Local de Saúde da Guarda, a Junta de Freguesia do Sabugueiro, a Associação de Beneficência do Sabugueiro e Águas do Zêzere e Côa (actual Águas de Lisboa e Vale do Tejo).

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Confagri lança série de 5 vídeos sobre “As Cooperativas e a Inovação na Agricultura”

Partilhar              A Confagri – Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas e do Crédito Agrícola de Portugal quer …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.