Início / Agricultura / Fruit Logistica: Corteva Agriscience e Nomisma apresentam estudo sobre controlo de insectos sugadores

Fruit Logistica: Corteva Agriscience e Nomisma apresentam estudo sobre controlo de insectos sugadores

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Corteva Agriscience, empresa líder no sector agrícola em tecnologia aplicada a sementes, protecção de culturas e agricultura digital, publicou um estudo que analisa os benefícios da utilização de Isoclast, substância activa contra as pragas de insectos que se alimentam da seiva em culturas de macieira, pessegueiro, tomate, batata e outras.

Em colaboração com o grupo consultor independente Nomisma, a Corteva Agriscience apresentou o resultado da investigação na feira Fruit Logistica, em Berlim. As duas empresas sublinharam que, entre outros dados, 54 milhões de hectares, 31% das explorações agrícolas no total da Europa, poderiam beneficiar da utilização deste produto. Trata-se de uma superfície de cultura que apresenta uma produção agrícola com um valor de 129.000 milhões de euros.

Controlo de insectos sugadores

Com o nome comercial Closer, o Isoclast é uma molécula que se destina ao controlo de insectos sugadores tal como as cochonilhas, afídeos e mosca branca, e graças à qual os agricultores europeus podem proteger as suas culturas e evitar perdas de milhares de milhões de euros. A principal característica deste produto é a de atribuir às plantas uma maior resistência à lavagem em comparação com outras substâncias activas utilizadas para o controlo de pragas.

Neste sentido, estima-se que a utilização destes novos produtos pode representar uma poupança de milhões de euros aplicada ao valor da produção em 2020:

  • Uma redução de 18% para macieira (intervalo de -12%/-24%), que representa mais de mil milhões de euros de perdas.
  • Uma redução de 34% para pessegueiro (intervalo de -28%/-41%), que ascende a 1200 milhões de euros de perdas.
  • Uma redução de 33% para tomate de estufa (intervalo de -27%/-40%), o que implica 1600 milhões de euros de perdas.
  • Uma redução de 10% para batata (intervalo de -7%/-14%), o que implica 1300 milhões de euros de perdas.

“Estamos orgulhosos por apresentar as nossas soluções aos visitantes da Fruit Logistica”, referiu Sonia Cavanna, especialista técnica em cadeia alimentar global e responsável da Cadeia Alimentar para a Europa da Corteva Agriscience. “Ao partilhar a nossa experiência e ao colaborar com os agentes da cadeia de valor, ajudamos, os agricultores a melhorar a sua rentabilidade, os retalhistas e as indústrias alimentares a garantir um abastecimento seguro e fiável dos produtos agrícolas e a apoiar os interesses dos consumidores ao potencializar a escolha dos produtos”.

Sustentabilidade ambiental 

“Este estudo teve como objectivo entender o potencial deste produto inovador, como parte dos nossos esforços para fomentar a sustentabilidade ambiental e económica das principais culturas na agricultura europeia. Na Corteva, enquanto líderes mundiais do sector, comprometemo-nos a apoiar os agricultores para enfrentar as emergências que resultam das novas pragas e das alterações climáticas, garantindo ao mesmo tempo rentabilidade e a satisfação na procura de alimentos mais sustentáveis por parte do consumidor”.

Por outro lado, Ersilia Di Tullio, líder do projecto na Nomisma, realçou a necessidade de atenuar o efeito adverso provocado pelas pragas nas explorações agrícolas: “Seleccionámos os principais países produtores em cada cultura, com a presença das principais pragas que se alimentam da seiva e analisámos a presença de vírus transmitidos por estas pragas e danos relevantes causados. A seguir simulámos o cenário de impacto em cada cultura, em 2022, ao mostrar os efeitos da redução da eficácia do sistema de protecção sem a entrada no mercado de novos insecticidas como o Isoclast. Como resultado desta análise, os dados mostram que as moléculas dos insecticidas de nova geração, que oferecem uma alta eficácia e uma emissão reduzida, são fundamentais para a protecção das principais culturas analisadas”.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Docapesca abre concurso para sinalização do estado da barra e avisos de temporal em Quarteira

Partilhar            A Docapesca – Portos e Lotas abriu um concurso para a sinalização visual do estado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.