Início / Agricultura / FPAS revê critérios de atribuição dos prémios Porco D’Ouro. Inquérito em curso

FPAS revê critérios de atribuição dos prémios Porco D’Ouro. Inquérito em curso

A FPAS — Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores informa que está em processo de revisão dos critérios de atribuição dos prémios Porco D’Ouro. Por isso, tem um inquérito em curso.

“Com o objectivo de atrair mais aderentes ao sistema conferente dos Prémios, a FPAS criou um grupo de reflexão que tem trabalhado na elaboração de propostas de melhoria deste importante projecto de promoção e divulgação do sector”, diz a direcção da Federação.

No entanto, pretende que este processo “seja o mais aberto e abrangente possível e, para tal, vimos consultar os principais interessados para recolher contributos que conduzam à introdução de critérios que melhor se adeqúem à realidade nacional”.

Se quer contribuir para este projecto da Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores, pode preencher o inquérito em curso, aqui.

Na prática, a FPAS pretende saber se considera que os critérios de atribuição dos Prémios estão ajustados, ou se considera que os três escalões de prémios quantitativos de acordo com a dimensão das explorações estão ajustados — 1º escalão – 10 a 350 porcas; 2º escalão – 351 a 600 porcas; 3º escalão – Mais de 600 porcas.

Por outro lado, a Federação pretende saber se os três indicadores de prémios quantitativos — (produtividade numérica; taxa de partos; longevidade — estão ajustados.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Consulta pública sobre Acordo Comercial UE-Canadá termina a 25 de Abril

Partilhar              A Comissão Europeia tem em curso, até dia 25 de Abril de 2024, uma consulta …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.