Início / Featured / Figueira da Foz distingue armador António Lé com Medalha de Mérito Comercial

Figueira da Foz distingue armador António Lé com Medalha de Mérito Comercial

O armador António Miguel Maia Lé foi esta manhã, de 17 de Março, homenageado no Salão Nobre dos Paços do Concelho da Figueira da Foz, com a atribuição da Medalha de Mérito Comercial, grau Prata Dourada, distinção que tendo sido proposta pelo actual executivo, liderado por Pedro Santana Lopes, em sede de reunião de Câmara foi aprovada por unanimidade.

Esta atribuição decorre dos prémios recebidos e entregues em Lisboa a 30 de Janeiro, nas comemorações do Dia da Docapesca — Portos e Lotas, e que elevaram o nome da cidade, quando à embarcação “Mar Eterno” foi entregue o 1º prémio na categoria “Embarcações- Arte do Cerco (Maior volume de vendas em 2022)”, e à empresa Simplesmente Mar, o prémio categoria “Armadores- arte de cerco (maior valor de vendas 2022)”, refere uma nota de imprensa da autarquia.

“A cerimónia foi pautada por momentos de manifesta comoção”, desde logo pela visualização de um pequeno vídeo sobre o homenageado e pelas palavras que lhe foram transmitidas quer pelo presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, Pedro Santana Lopes, quer pela secretária de Estado das Pescas, Teresa Coelho.

“O senhor move montanhas, é uma força da natureza”, afirmou Pedro Santana Lopes, realçando o seu espírito aguerrido e determinado, o seu carácter e o seu inesgotável apego à terra que o viu nascer, e à família, sem esquecer “o seu péssimo mau feitio”, terminando a sua intervenção, em nome da Figueira: “Obrigado, mas continue, a cidade precisa de si”.

Investimento de 2 M€ no Porto de Pesca da Figueira da Foz

Teresa Coelho, secretária de Estado das Pescas, reiterou as características pessoais e profissionais do homenageado, que conhece desde muito jovem, sublinhando a sua contínua preocupação com o mar e a importância que esta cidade representa para o sector das pescas, destacando aqui a envolvência do seu actual presidente, tendo recebido uma ovação quando assegurou que o “Governo vai investir 2 milhões de euros no Porto de Pesca da Figueira da Foz”.

“Visivelmente emocionado”, adianta a mesma nota de imprensa, António Lé agradeceu a homenagem que hoje o município lhe vota, aludindo ao facto de “a distinção ser resultado de toda uma equipa empenhada e entregue à vida do mar”. “Este prémio que hoje recebo, enche-me de orgulho e de muito mais responsabilidade. Continuarei a defender com todas as minhas forças o nosso mar que representa um sector estratégico para a economia nacional.”

A cerimónia foi marcada com a chegada de algumas embarcações do homenageado, conduzidas pelos respectivos mestres que à hora da cerimónia, numa combinação de apitos longos e curtos, se fizeram ouvir entoando desta forma os sons que acompanham a vida diária da faina marítima.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

ADVID promove workshop sobre racionalização da vinha de encosta. Participação gratuita

Partilhar              A ADVID — Associação para o Desenvolvimento da Viticultura Duriense/CoLAB Vines&Wines promove o workshop “Racionalização …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.