Início / Agenda / Feira Nacional do Cavalo já arrancou na Golegã

Feira Nacional do Cavalo já arrancou na Golegã

A Feira Nacional do Cavalo arrancou hoje, 5 de Novembro, na Golegã, e decorrerá até ao dia 14 de Novembro. Uma organização da Câmara Municipal da Golegã que vai contar com concursos de saltos e obstáculos, de atrelagem, espectáculos equestres, exposições de fotografia, pintura e escultura.

Um evento que conta hoje com a presença da ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes. A chegada está marcada para as 17 horas, na Rotunda do Cavalo, onde será recebida pelo presidente da Câmara Municipal da Golegã, António Carlos Camilo, seguindo depois em carro de cavalos para o Arneiro da Feira.

À noite, a partir das 21 horas, Maria do Céu Antunes, que já visitou a Feira em 2019, irá assistir ao espectáculo equestre comemorativo dos 500 anos de Foral do Concelho da Golegã, com a presença da Charanga e da Reprise da Guarda Nacional Republicana.

Veja o programa completo da Feira da Golegã (XLV Feira Nacional do Cavalo, XXII Feira Internacional do Cavalo e Feira de São Martinho, desde 1571) aqui. Visite o site da Feira aqui.

A história

Em meados do século XVIII, teve o seu começo a Feira da Golegã, chamada até 1972 Feira de São Martinho, data a partir da qual passou a denominar-se Feira Nacional do Cavalo. É a Feira Nacional do Cavalo a mais importante e mais castiça de todas as feiras que no seu género se realizam em Portugal e no Mundo. Ali se apresentam todos os criadores, com os seus belos exemplares, razão pela qual, se transaccionam na Golegã, os melhores puro-sangue, criados no País, que são vendidos para vários pontos do globo.

Capital do Cavalo

A Golegã há muito que passou a ser a Capital do Cavalo. O dia de São Martinho, de feira que foi, passou ao maior espectáculo equestre público que se realiza a nível gratuito em Portugal. Ralies, raids, jogos equestres, campeonatos, maratona de carruagens, exibições, são alguns dos espectáculos que se realizam na Golegã. E para complemento da festa justificando o adágio popular que, “Pelo São Martinho prova o Vinho”, não faltarão a água-pé e as sempre apetecidas castanhas assadas.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Ordem dos Médicos Veterinários defende criação do assistente social para combater abandono de animais

Partilhar              A Ordem dos Médicos Veterinários (OMV) assinala o Dia Internacional do Animal Abandonado que se …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.