Início / Agenda / Feira Nacional de Agricultura arranca a 8 e Junho a promover a pecuária extensiva e as raças autóctones

Feira Nacional de Agricultura arranca a 8 e Junho a promover a pecuária extensiva e as raças autóctones

A FNA 24 – Feira Nacional de Agricultura/Feira do Ribatejo, vai decorrer entre os dias 8 e 16 de Junho, no CNEMA — Centro Nacional de Exposições, em Santarém, como habitual.

O tema escolhido para este ano é a “Pecuária Extensiva”, tendo como intuito dar relevo a uma actividade que ocupa uma área de 64% da superfície agrícola útil em território nacional e que representa inúmeras vantagens como o apoio ao sistema agroflorestal ou o incremento qualitativo dos produtos provenientes e derivados dos animais de pasto.

Neste âmbito será também inevitável a promoção das raças autóctones e a preservação deste nosso património, refere um comunicado de imprensa da organização do certame, a cargo do CNEMA.

“Vista como uma tendência sustentável e de largo impacto no sector agrícola português, a pecuária extensiva, uma das primeiras actividades desenvolvidas pelo homem chega ao século XXI com cartas para dar, novas soluções para um melhor pastoreio e a adaptação às alterações climáticas serão então o mote para o debate aberto sobre estas e outras grandes questões do mundo rural na actualidade”, adianta o mesmo comunicado.

Na edição de 2024 serão celebrados os 70 anos da Feira do Ribatejo, o 60º aniversário da Feira Nacional de Agricultura e os 30 anos de actividade do CNEMA. São datas marcantes e que, por isso, vão estar em grande destaque.

“Temos orgulho no nosso percurso histórico mas mais orgulho ainda em termos chegado até aqui. Sempre numa trajectória ascendente e com uma postura, não do que envelhece, mas do que e se adapta, se renova e melhora a cada passo da sua existência”, realça o mesmo comunicado.

Entrada FNA 24 – uma viagem no tempo

Assim, na entrada principal do CNEMA, antes da entrada da FNA, os visitantes vão poder regressar ao início e conhecer toda a História da Feira Nacional de Agricultura/Feira do Ribatejo. Uma exposição retrospectiva dará a conhecer todo o percurso deste evento através de fotografias de época, dos cartazes das várias edições, de breves anotações e histórias e ainda da exibição de excertos de um documentário sobre a história e evolução da Feira Nacional de Agricultura especialmente concebido no âmbito das acções comemorativas dos aniversários referidos.

A importância das Raças Autóctones e da biodiversidade

Já nos Claustros, um dos espaços mais nobres do CNEMA, vão estar presentes Associações de Raças Autóctones e empresas ligadas à pecuária que irão dinamizar iniciativas relacionadas com o sector.

Paralelamente, aqui também estará patente a exposição relativa ao Concurso Fotográfico “Raças Animais Autóctones de Portugal – Conservar a Biodiversidade”, organizado pelo Polo de Inovação da Fonte Boa de Santarém do INIAV (EZN-INIAV) e que contou com uma adesão em peso de 208 participantes que apresentaram 583 fotografias.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Carmona Rodrigues lidera Grupo de Trabalho para estratégia de gestão, armazenamento e distribuição eficiente da água

Partilhar              O Governo decidiu criar um Grupo de Trabalho para delinear a estratégia multissectorial, “Água que Une”, …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.