Início / Agenda / Faro recebe IV Colóquio Nacional de Horticultura Biológica esta quinta-feira

Faro recebe IV Colóquio Nacional de Horticultura Biológica esta quinta-feira

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A agricultura biológica tem futuro e o futuro é hoje, é este mote do IV Colóquio Nacional de Horticultura Biológica, a realizar de 17 a 19 de Março, no Anfiteatro Verde da Universidade do Algarve, em Faro. Uma iniciativa da Associação Portuguesa de Horticultura, (APH) em parceria com a Universidade do Algarve e a Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve.

Mais de uma centena de profissionais do sector da horticultura vão estar reunidos, durante três dias no Algarve, para debater o potencial produtivo, económico e ambiental da agricultura biológica, no IV Colóquio Nacional de Horticultura Biológica.

Este modo de produção agrícola tem vindo a crescer na União Europeia nos últimos 10 anos a uma taxa média anual de 8% em área e de 11,6% em mercado, ultrapassando em 2012 os 20.000 milhões de euros em vendas. No mesmo ano, a agricultura biológica ocupava em Portugal 226.425 hectares, distribuídos por 2.885 produtores, principalmente pelo Alentejo e Beira Interior e em Trás-os-Montes, com predomínio das pastagens e do olival.

Hortofritícolas e vinha

A área de hortofrutícolas e de vinha em modo de produção biológico (MPB) é muito baixa, devido a maior dificuldade técnica e pela falta de experimentação e divulgação nestas culturas, mas é um potencial de produção e valorização agrícola que o país deve aproveitar.

A agricultura em MPB encontra-se “num contexto difícil, com alterações legislativas a nível europeu mais restritivas e a premente necessidade de reduzir custos de produção. É também indispensável fomentar o aumento da produção (novos produtores) e aumentar o valor dos produtos agrícolas biológicos através do seu processamento local. A certificação rigorosa e credível é indispensável para manter a confiança dos consumidores”, diz a organização do evento em comunicado.

A resposta a estes problemas deve ser encontrada através da “inovação e partilha da informação entre produtores, técnicos e investigadores, de forma a tornar a agricultura biológica mais competitiva, aumentando o emprego e fortalecendo a economia rural. É com este intuito que se reunirão no IV Colóquio Nacional de Horticultura Biológica, produtores, técnicos e investigadores, para debater temas relevantes para este sector”, adianta a mesma fonte.

Programa aqui.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Frederico Falcão é o novo presidente da ViniPortugal. Quer criar um observatório de mercados internacionais

Partilhar            Frederico Falcão é o novo presidente da direcção da ViniPortugal, associação inter-profissional para a promoção …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.