Início / Agricultura / Fairfruit aberta a parcerias para aumentar área de produção de alperce no Alqueva

Fairfruit aberta a parcerias para aumentar área de produção de alperce no Alqueva

A FairFruit Portugal encontra-se disponível em realizar parcerias para aumentar a sua área de produção de alperce no perímetro de rega de Alqueva, refere o Anuário Agrícola de Alqueva de 2017, já disponível online. A empresa está também disponível para parcerias nas culturas de pêssego e nectarinas.

Adianta o Anuário, da responsabilidade da EDIA — Empresa de Desenvolvimento e Infra-Estruturas do Alqueva, que, no ano de 2015, foi instalado um pomar de alperces, pela empresa FairFruit e os seus parceiros nacionais, na zona de Ervidel com cerca de 50 hectares. Segundo informações da empresa este pomar entrará em produção no ano de 2018.

Produção deficitária

Explicam os técnicos que realizaram o Anuário que Portugal é deficitário em diversos produtos agrícolas entre eles, estão várias variedades de frutícolas. O damasco/alperce produzido em Portugal, cobre apenas cerca de 50% do que consumimos internamente.

Neste momento, na região, existe um pomar de grandes dimensões, em plena produção (Luís Vicente), tendo vindo a ser desenvolvidos novos projectos, pelo que a produção local irá aumentar substancialmente a médio prazo, salienta o Anuário.

O Anuário

A elaboração deste documento, da responsabilidade da EDIA, resulta da recolha de informação sobre as culturas, junto de especialistas, de produtores da região, informação de documentos, artigos e outra bibliografia publicada e disponibilizada pelas várias entidades do sector.

Pode consultar o Anuário Agrícola de Alqueva aqui.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Expo Lourinhã realiza-se de 24 a 28 de Abril. Abertas inscrições para expositores

Partilhar              A ADL — Associação para o Desenvolvimento da Lourinhã e o Município da Lourinhã promovem …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.