Início / Agricultura / Fábrica de snacks da PepsiCo no Carregado celebra três décadas

Fábrica de snacks da PepsiCo no Carregado celebra três décadas

A fábrica de snacks da PepsiCo no Carregado celebra três décadas de história em Portugal. No início, a fábrica tinha quatro linhas de produção e hoje tem uma capacidade de produção de 44 milhões de quilos de snacks de batata e milho por ano.

“Ao longo dos anos de actividade da fábrica, tem sido traçado um caminho para um negócio alimentar mais sustentável, com investimentos na gestão eficiente de resíduos, água e recursos energéticos”, garante a empresa em nota de imprensa.

A fábrica do Carregado, que emprega actualmente mais de 400 pessoas, está presente na região há 30 anos e é uma referência para a PepsiCo Europa “pelo forte compromisso no crescimento tecnológico, desenvolvimento das pessoas e aposta na sustentabilidade”. Esta unidade fabril também produz Lay’s Gourmet, Cruncheetos e Chipicao, exclusivamente para a Europa.

736 hectares de batata

A PepsiCo detém 736 hectares para o cultivo 100% sustentável de batata em Portugal e mantém parcerias, há mais de 15 anos, com diversas empresas agrícolas portuguesas. Em 2022, a PepsiCo aumentou em 6,9% a compra de batata de cultivos agrícolas sustentáveis face ao período homólogo do ano anterior.

A proximidade com os campos de cultivo de batata, a menos de uma hora de distância, é um dos principais segredos da qualidade e frescura destes snacks que, diariamente, são consumidos em milhares de casas de consumidores portugueses. Este facto permite igualmente a optimização dos custos de transporte e a diminuição da pegada ecológica, acrescenta a mesma nota.

Inaugurada em Maio de 1993, a fábrica da PepsiCo no Carregado ocupa uma área coberta de 30.000 m2, construída com “tecnologia de ponta e equipamentos modernos” para a produção de snacks, exportando cerca de 68% da sua produção.

Redução de água 

Em 2021, a fábrica do Carregado já tinha alcançado os objectivos de redução de água que a PepsiCo definiu para 2030, sendo a única unidade fabril do Sul da Europa com este nível de consumo. “O compromisso com a sustentabilidade é contínuo, e a PepsiCo investiu 7,5 milhões de euros num biodigestor, que transformará resíduos orgânicos em biogás, e vai contribuir para uma redução de 30% nas emissões de carbono”, diz a mesma nota.

Fernando Moraga, Country Manager da PepsiCo em Portugal, refere que “estes 30 anos foram de grande desenvolvimento para a PepsiCo. Temos apostado no Carregado como o centro da nossa operação em Portugal e optimizamos as nossas operações para dar continuidade à liderança de mercado, o que vem reforçar o nosso compromisso de oferecer o melhor produto possível aos consumidores portugueses. Parabéns a toda a equipa PepsiCo, e em especial à equipa do Carregado que diariamente desempenha um trabalho exímio. Que venham pelo menos mais três décadas, lado a lado com as pessoas – os nossos colaboradores, parceiros, e claro, os clientes”.

Sobre a fábrica do Carregado, Nelson Sousa, Plant Manager da PepsiCo em Portugal reforça a importância que este activo tem na estratégia global da PepsiCo. “É um grande sucesso na operação europeia e global da PepsiCo e muito deste sucesso é devido às equipas que todos os dias trabalham para dar resposta às necessidades dos consumidores, tendo sempre em mente os pilares de sustentabilidade, responsabilidade, e claro, escolhas e acções que impactem o planeta e as pessoas de forma positiva”.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Confagri. Vídeos “As Cooperativas e a Inovação na Agricultura”. Conheça as Organizações de Produtores e a carne de raças autóctones

Partilhar              A Confagri – Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas lançou o projecto “As Cooperativas e a Inovação na …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.