Início / Agricultura / Exportações de produtos agrícolas crescem 30,5% nos primeiros 10 meses de 2022

Exportações de produtos agrícolas crescem 30,5% nos primeiros 10 meses de 2022

As exportações de produtos agrícolas, no período de Janeiro a Outubro de 2022, aumentaram 30,5% face ao mesmo período do ano anterior, um acréscimo mais significativo que o registado nas exportações dos restantes bens (+24,8%) e nas exportações totais (+25,2%), refere primeira estimativa das Contas Económicas da Agricultura para 2022, do Instituto Nacional de Estatística (INE).

As exportações de produtos agrícolas representaram, no período de Janeiro a Outubro de 2022, 5,9% das exportações nacionais, peso idêntico ao registado no conjunto do ano 2021.

Em 2021, as exportações de produtos agrícolas apresentaram uma taxa de variação anual de +14,4% face ao ano anterior (+19,8% comparando com 2019), enquanto e as exportações de outros produtos e as exportações totais aumentaram 18,6% e 18,3%, respectivamente (+5,4% e +6,2% face a 2019, pela mesma ordem).

O aumento de 30,5% nas exportações de produtos agrícolas no período em análise, resultou sobretudo do aumento das quantidades exportadas (+17,6%) e também do aumento dos preços implícitos (+11,0%), acrescenta o INE.

Os mais exportados

Analisando em maior detalhe os capítulos da Nomenclatura Combinada dos produtos Agrícolas, no período de Janeiro a Outubro de 2022 mantiveram-se os principais capítulos exportados em relação a igual período de 2021:

  • Gorduras e óleos animais ou vegetais; ceras, etc. (peso de 31, 1%);
  • Fruta; cascas de citrinos e de melões (19,6%);
  • Leite e laticínios; ovos de aves; mel natural, etc. (10,4%);
  • Produtos hortícolas, plantas, raízes e tubérculos, comestíveis (8,3%) e animais vivos (7,8%).

Estes cinco capítulos, que representaram 77,2% do total das exportações de produtos agrícolas, registaram um aumento de 722 milhões de euros (+32,1%) em relação ao mesmo período de 2021, verificando-se o maior acréscimo nas exportações de gorduras e óleos animais ou vegetais; ceras, etc. (+446 milhões de euros; +59,5%), principalmente devido ao azeite.

Importações

Por sua vez, as importações de produtos agrícolas aumentaram 32,2% no período de Janeiro a Outubro de 2022, face ao mesmo período do ano anterior, tendo as importações de outros produtos e as importações totais registado acréscimos mais significativos (+36,0% e +35,7%, respectivamente).

No período de Janeiro a Outubro de 2022, as importações de produtos agrícolas representaram 7,8% das importações nacionais (-0,2 p.p. que no total de 2021).

Na totalidade do ano 2021, as importações de produtos Agrícolas tinham aumentado 13,9% face ao ano anterior (+11,4% em relação a 2019), enquanto as importações de outros produtos e as importações totais aumentaram 22,8% e 22,0%, respectivamente (+3,4% e +4,0%, pela mesma ordem, em relação a 2019).

No período em análise, o aumento das importações de produtos Agrícolas (+32,2%) resultou maioritariamente de um efeito de preços (+27,6%), dado que as quantidades importadas aumentaram apenas 3,5%.

Os mais importados

Os principais capítulos importados dos produtos agrícolas, entre Janeiro e Outubro de 2022, foram as carnes e miudezas, comestíveis (peso de 17,3%); Cereais (16,9%); gorduras e óleos animais ou vegetais; ceras, etc. (13,2%); sementes e frutos oleaginosos; grãos, sementes, etc. (12,8%) e fruta; cascas de citrinos e de melões (11,5%).

Não se registaram alterações nos principais capítulos importados, face a igual período de 2021, embora a fruta; cascas de citrinos e de melões tenha descido da 2ª para a 5ª posição.

Os cinco principais capítulos importados representavam 71,6% nas importações totais de produtos agrícolas, tendo aumentado 1.298 milhões de euros face ao mesmo período do ano anterior (+34,3%). O maior acréscimo registou-se nas importações de cereais (+470 milhões de euros; +64,6%), principalmente devido ao milho e fundamentalmente em resultado do aumento de 51,5% no preço, dado que o acréscimo em volume foi 8,6%.

Pode ler a primeira estimativa das Contas Económicas da Agricultura (CEA) para o ano de 2022 aqui.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Inspectores de navios de São Tomé e Príncipe treinam na DGRM

Partilhar               A DGRM – Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos informa que esta semana …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.