Início / Agricultura / Exportação de bovinos para engorda e abate para o Egipto tem novas regras sanitárias

Exportação de bovinos para engorda e abate para o Egipto tem novas regras sanitárias

A DGAV – Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária informa que foram alteradas as condições sanitárias para exportação para o Egipto de bovinos para engorda e para abate provenientes de Portugal.

É assim possível a exportação dos animais em causa em conformidade com as novas condições acordadas, cumprindo-se os restantes requisitos sanitários exigidos pelos Serviços Veterinários Oficiais Egípcios, a atestar em certificação oficial pelas Direcções de Serviços de Alimentação e Veterinária Regionais/Regiões Autónomas (DRAVR/RA).

Certificação sanitária

A certificação sanitária para exportação para o Egipto de bovinos para engorda e abate provenientes de Portugal foi acordada entre os dois países em Agosto de 2016.

No entanto e “após discussão com o Egipto em relação ao peso máximo dos animais para engorda e à possibilidade de estarem vacinados os animais para abate, foi estabelecida nova certificação para o efeito”, refere fonte da DGAV.

Aquela Direcção adianta que se mantém a exigência da deslocação prévia de uma Delegação Egípcia Veterinária a Portugal por cada remessa de animais a exportar.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Suinicultores preocupados e perplexos face ao ‘desaparecimento” da Secretaria de Estado da Agricultura

Partilhar              A direcção da FPAS — Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores expressa a sua “preocupação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.