Início / Agenda / Europa quer uma “nova visão” do comércio em Nairobi

Europa quer uma “nova visão” do comércio em Nairobi

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A ronda de negociações da Organização Mundial de Comércio que começa amanhã em Nairobi deve “reconhecer que o comércio global mudou desde o início da ronda de Doha, há 14 anos”.

As palavras são dos comissários europeus Cecilia Malmström e Phil Hogan, numa declaração conjunta antes do início da conferência da OMC, onde pedem uma “nova visão” do comércio internacional.

Os líderes mundiais vão reunir-se no Quénia para debater o futuro do comércio global, mas Malmström e Hogan insistem que “a OMC deve continuar a trabalhar nas questões pendentes da Agenda para o Desenvolvimento de Doha, mas com novas abordagens”, que integrem os países menos desenvolvidos.

Os países liderados pelos EUA, União Europeia e Japão devem, porém, encontrar oposição à substituição ou reforma do processo. Os países em desenvolvimento, com a Índia, china e muitos estados africanos à cabeça, querem manter o actual enquadramento, que levou ao estabelecimento de acordos bilaterais.

Mike Froman, representante do Comércio dos EUA, escreve no Financial Times que a antiga agenda de Doha deve ser ultrapassada, já que “simplesmente nãos resultou”.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Verdes recomendam ao Governo “total interdição de pesca” de tubarões e raias

Partilhar              O Grupo Parlamentar de Os Verdes recomenda ao Governo que “crie uma equipa para elaborar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.