Início / Agenda / Estudo “Regadio 20|30” em consulta pública até 14 de Janeiro. Já deu o seu contributo?

Estudo “Regadio 20|30” em consulta pública até 14 de Janeiro. Já deu o seu contributo?

O Estudo “Regadio 20|30 – Levantamento do Potencial de Desenvolvimento do Regadio de Iniciativa Pública no Horizonte de uma Década” está em consulta pública. Todos os contributos deverão ser remetidos para pnregadio2030@ma.gov.pt, até ao próximo dia 14 de Janeiro.

O estudo, desenvolvido pela EDIA — Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva, tem como objectivo contribuir para a identificação e caracterização dos investimentos a realizar no âmbito do regadio público, em Portugal continental, quer aqueles cuja realização possa ser realizada no horizonte de uma década, bem como a identificação de acções cuja maturidade incipiente implica que a sua implementação só possa ser realizada no decénio seguinte.

O estudo apresenta a caracterização do Regadio Nacional, as condições naturais existentes (climatológicas, fisiográficas, solos e recursos hídricos), a problemática associada às alterações climáticas, sistemas agrícolas, aspectos socioeconómicos, infra-estruturas existentes, governança e gestão, sistema tarifário e políticas públicas.

Intervenções céleres de reabilitação e modernização

Refere o documento que vastas áreas de regadios públicos existentes, deverão ser “objecto de intervenções céleres de reabilitação e modernização, tendo em vista ganhos claros em termos de eficiência hídrica e de aumento de competitividade das explorações agrícolas”.

Por outro lado, face à elevada idade de alguns destes Aproveitamentos “existem questões de segurança estrutural, hidráulica, operacional e ambiental que revelam e tornam estas intervenções de grande premência, seja em infra-estruturas de armazenamento, transporte e distribuição”.

A análise foi elaborada tendo por base a divisão de Portugal continental em cinco regiões, correspondentes às áreas de influência das Direcções Regionais de Agricultura e Pescas (DRAP), tendo tido um envolvimento próximo dos Serviços Centrais e Regionais do Ministério da Agricultura, autarquias, associações de beneficiários e de agricultores, Federação Nacional dos Regantes, projectistas e consultores.

Pode consultar aqui o Estudo “Regadio 20|30”.

Entidades que colaboraram no estudo:

  • DRAPN – Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Norte
  • DRAPC – Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Centro
  • DRAPLVT – Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Lisboa e Vale do Tejo
  • DRAPALE – Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Alentejo
  • DRAPALG – Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve
  • AGPDR2020 – Autoridade de Gestão do Programa de Desenvolvimento Rural 2020
  • IFAP – Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas
  • Fenareg – Federação Nacional de Regantes de Portugal
  • Autarquias
  • Comunidades Intermunicipais
  • Associações de Regantes e Beneficiários
  • Empresas de Consultoria e Projecto

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Captura de de pescado aumenta 67% em Novembro de 2021

Partilhar               O volume de capturas de pescado em Portugal, em Novembro de 2021, aumentou 66,7% …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.