Início / Agricultura / Estudo: cafeína prejudica qualidade do sono

Estudo: cafeína prejudica qualidade do sono

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Um novo estudo da Universidade de Munique concluiu que a cafeína afecta tipicamente a latência prolongada do sono, reduz o tempo total e a eficácia do sono e ainda prejudica a qualidade percepcionada do sono. A cafeína impede o normal funcionamento do mecanismo que regula a alternância entre sono e vigília, mas os efeitos variam de indivíduo para indivíduo, influenciados por factores como a idade, escrevem os cientistas Ian Clark e Hans Peter Landolt.

Os investigadores compararam 58 publicações científicas das áreas de epidemologia e testes clínicos acerca dos efeitos da cafeína e do café no sono.

“A cafeína é a susbtância psicoactiva mais consumida no mundo”, afirmam os autores do estudo. no entanto, os seus efeitos ainda não são totalmente conhecidos. Sabemos que nos mantém acordados, mas ignoramos muitas das suas consequências sobre o sono.

Os insvestigadores concluíram que os 58 estudos apontam para a existência de uma relação forte entre a dose de cafeína e a resposta a nível da estrutura do sono. Por exemplo, uma dose mais alta de cafeína nas horas antes de ir dormir reduziu a capacidade dos sujeitos dos estudos de entrarem num sono lento profundo. No entanto, não foi encontrada uma relação entre a dose de cafeína e o sono REM (‘Rapid Eye Movement’, o sono associado aos sonhos).

Fora do laboratório, calculam os autores da investigação, a população em geral consome cafeína suficiente para afectar o seu sono.

Estes efeitos são, porém, muito variáveis. Os investigadores consideram que a exposição à cafeína deve ser alterada em função do peso da pessoa. A idade também influencia o consumo: indivíduos mais velhos consomem tipicamente mais cafeína do que os jovens adultos, apesar de pesarem menos, mas também podem reduzir o consumo de cafeína por pensarem que este causará uma dificuldade em dormir.

Os autores do estudo ‘Coffee, Caffeine, and Sleep’ defendem o valor da cafeína como uma arma contra a sonolência, especialmente em tarefas como a condução nocturna, citando a lenda de um abade iemenita que recomendava café aos seus monges para os ajudar nas suas orações nocturnas. Além disso, o estudo não encontrou uma ligação entre o consumo de café e um impacto negativo na saúde, mas avisa que “más práticas de higiene do sono” aumentam riscos para a saúde.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

México altera regras da rotulagem de alimentos pré-embalados

Partilhar            A Aicep – Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal informa que a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.