Início / Agenda / Estabelecimento Prisional de Leiria recebe anúncio de apoio de 20 M€ do PDR 2020 para apoiar tratamento de efluentes pecuários

Estabelecimento Prisional de Leiria recebe anúncio de apoio de 20 M€ do PDR 2020 para apoiar tratamento de efluentes pecuários

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O PDR 2020 – Programa de Desenvolvimento Rural tem 20 milhões de euros disponíveis para apoiar a “Valorização Agrícola, Armazenamento, Tratamento e Transporte de Efluentes Pecuários”. O anúncio vai ser feito esta sexta-feira, 4 de Junho, pelo secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, Rui Martinho, no Estabelecimento Prisional de Leiria – Jovens.

O Estabelecimento Prisional de Leiria continua a destinar-se ao internamento de reclusos jovens adultos dos 16 aos 21 anos, com possibilidade de permanência até aos 25 anos,  “privilegiando uma acção educativa intensa e afastada dos delinquentes mais velhos”.

O secretário de Estado, que vai também visitar a empresa de fertilizantes líquidos na região de Leiria, a TecniFerti, participa, na cerimónia de assinatura dum protocolo para o Projecto Rede de Aceleração e Inovação Agrícola, em Leiria, a partir das 10h40.

A cerimónia de assinatura do protocolo e intervenção do secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, Rui Martinho, realiza-se no Estabelecimento Prisional de Leiria – Jovens.

TecniFerti

Refira-se que a TecniFerti dedica-se à produção e comercialização de fertilizantes líquidos com as marcas TecniFerti, Humifosfato, Micro Gel e Nitro Gel.

A empresa dedica-se à produção e comercialização de fertilizantes líquidos, os quais se “reflectem em soluções simples e inovadoras para a agricultura nacional e internacional”, refere fonte institucional da empresa.

A TecniFerti inicia a sua actividade em 1986 em Leiria e em 1989 adquire instalações fabris em Muge, distrito de Santarém. A fábrica tem com uma capacidade de armazenagem de 16.500 toneladas com uma densidade média de 1.3 g/cm3.

A empresa possui sede em Leiria e a unidade produtiva está localizada na Zona Industrial de Muge e está presente nos mercados do Brasil, Marrocos, Roménia, Moçambique e Angola.

“Prisão Escola”

Em 1946 foi construída, na Quinta do Lagar d’El Rei, em Leiria, uma “Prisão Escola” integrada no grupo das “Cadeias Especiais” e destinada a receber reclusos com menos de 21 anos de idade que pudessem obter um tratamento diferenciado “privilegiando uma acção educativa intensa e afastada dos delinquentes mais velhos”.

A estrutura do Estabelecimento Prisional de Leiria – Jovens comporta sete pavilhões, dois dos quais com duas alas cada. Nos últimos anos procedeu-se à reconstrução do designado Pavilhão de Santo Agostinho, para criação de uma unidade de apoio a reclusos toxicodependentes e à instalação de uma unidade de saúde destinada a reclusos afectos ao Estabelecimento e a outros localizados na zona centro do País.

O Estabelecimento dispõe de campo de futebol, de sala de convívio comum, bem como de pátios e salas de convívio em cada um dos pavilhões. Recentemente foi instalado um novo ginásio dotado dos mais modernos equipamentos.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Cuidado com a queima de sobrantes florestais. GNR identifica homem de 78 anos por incêndio em Vila Real

Partilhar              O Comando Territorial de Vila Real da Guarda Nacional Republicana (GNR), através do Núcleo de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.