Início / Empresas / Escolas do Politécnico de Coimbra novamente galardoadas com Bandeira Verde Eco-Escolas

Escolas do Politécnico de Coimbra novamente galardoadas com Bandeira Verde Eco-Escolas

O Instituto Politécnico de Coimbra (IPC), um dos pioneiros e maiores Eco-Politécnicos do País, vê todas as suas Escolas a renovarem o Galardão Eco-Escolas. Este galardão é atribuído pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) sob a forma de Bandeira Verde, como reconhecimento das boas práticas implementadas pela instituição em prol de um Politécnico e de um Planeta mais sustentáveis.

Este é o quarto ano consecutivo que as seis escolas do IPC — Escola Superior Agrária (ESAC), Escola Superior de Educação (ESEC), Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTGOH), Escola Superior de Tecnologia da Saúde (ESTeSC), Instituto Superior de Contabilidade e Administração (ISCAC) e Instituto Superior de Engenharia (ISEC) — recebem o Galardão Eco-Escolas, fruto da aposta do IPC na área da sustentabilidade.

Segundo Ana Ferreira, vice-presidente do IPC, este feito só tem sido possível em virtude do “empenho conjunto das presidências das Escolas do Politécnico de Coimbra, dos respectivos Coordenadores Eco-Escolas que têm tido uma dedicação, proatividade e entrega exímias e da equipa do Serviço de Saúde Ocupacional e Ambiental da Instituição que está sempre disponível para colaborar com as escolas em prol de um Politécnico de Coimbra +Sustentável”.

Conscientes desta conquista, o IPC assume o “compromisso de, todos os dias, continuar a trilhar este caminho, empenhando-se em fazer “mais e melhor”, contribuindo para um Politécnico e uma comunidade mais informada, consciente e proactiva no caminho para a sustentabilidade”, afirma Ana Ferreira.

A responsável menciona ainda que é uma “ambição da Instituição contribuir, através do ensino e formação de excelência, para jovens – futuros decisores – que façam a diferença, nesta e em todas as áreas”.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Suinicultores preocupados e perplexos face ao ‘desaparecimento” da Secretaria de Estado da Agricultura

Partilhar              A direcção da FPAS — Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores expressa a sua “preocupação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.