Início / Agenda / DRAP Centro organiza dia aberto sobre leguminosas forrageiras no Baixo Mondego

DRAP Centro organiza dia aberto sobre leguminosas forrageiras no Baixo Mondego

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A DRAP Centro – Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Centro organiza um “Dia Aberto — Leguminosas Forrageiras e Sistemas Culturais para o Baixo Mondego”, a decorrer na sua Unidade Experimental do Loreto, em Coimbra, no próximo dia 12 de Abril, a partir das 14h30.

Uma iniciativa que ocorre em colaboração com a ESAC – Escola Superior Agrária de Coimbra.

No encontro, António Dinis Ferreira, da ESAC, vai apresentar o projecto europeu SoilCare. De seguida, Carlos Alarcão, da DRAP Centro — Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Centro,vai falar sobre a inclusão de leguminosas forrageiras nas rotações.

A partir das 16 horas, segue-se uma visita aos talhões de ensaio.

O evento conta com o apoio da NutriPrado, da Cooperativa Agrícola de Coimbra, a Cooperativa Agrícola do Concelho de Montemor-o-Velho, e da Lusosem — Produtos para Agricultura.

Projecto europeu SoilCare

Se a produção agrícola europeia se mantiver competitiva, ao mesmo tempo que reduz o impacto no ambiente, é necessário o desenvolvimento e a adopção de sistemas eficazes de cultivo que melhorem o solo.

O objectivo geral do SoilCare é identificar e promover sistemas de cultivo do solo e técnicas agronómicas, aumentando a rentabilidade e a sustentabilidade em todas as escalas na Europa. Uma abordagem trans-disciplinar será usada para avaliar os benefícios e desvantagens de uma nova geração de sistemas de cultivo que melhorem o solo, incorporando todos os aspectos biofísicos, sócio-económicos e políticos relevantes.

Mais sobre este projecto aqui.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Let’s Talk About Pork: União Europeia desmistifica mitos sobre a carne de porco

Partilhar            A Comissão Europeia acaba de lançar uma campanha de comunicação, a Let’s Talk About Pork …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.