Início / Agricultura / Época de caça nos Açores arranca a 1 de Julho com “total respeito pela sustentabilidade dos recursos cinegéticos”
Foto: Elodie Ratsimbazafy

Época de caça nos Açores arranca a 1 de Julho com “total respeito pela sustentabilidade dos recursos cinegéticos”

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Secretaria Regional da Agricultura e Florestas dos Açores, através da Direcção Regional dos Recursos Florestais, publicou hoje em Jornal Oficial as portarias relativas à nova época de caça nos Açores, que começa a 1 de Julho e se prolonga até 30 de Junho de 2021, assegurando “o total respeito pela sustentabilidade dos recursos cinegéticos”.

Os calendários venatórios estabelecidos para cada uma das ilhas indicam aos caçadores quais as espécies que se podem caçar, o período em que a caça pode ser exercida, o número de peças que podem ser capturadas, os locais onde a caça é permitida, bem como os processos de caça que podem ser utilizados.

De salientar que os calendários venatórios para a época 2020/2021 relativos às ilhas de Santa Maria, São Miguel, Terceira, Graciosa, São Jorge, Faial, Pico e Flores “resultam da auscultação às organizações de caçadores, agricultores, ambientalistas e florestais, reflectindo os consensos alcançados entre todas as partes envolvidas neste processo”, garante o Executivo açoriano.

Gestão dos recursos cinegéticos de forma sustentável

O Governo dos Açores tem como principal objectivo “garantir que a gestão dos recursos cinegéticos seja feita de uma forma sustentável, no respeito pelos princípios da conservação da natureza e do equilíbrio biológico e em articulação com as restantes formas de exploração da terra”.

A gestão dos recursos é baseada em estudos sobre a biologia e ecologia das espécies cinegéticas da Região e nos resultados de programas de monitorização de longa duração, que têm permitido perceber as variações na abundância das suas populações, bem como no resultado de inquéritos de opinião realizados aos caçadores durante as jornadas de caça.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Associação de Bebidas Espirituosas defende fim da proibição de venda de bebidas alcoólicas a partir das 20h00

Partilhar            A Anebe – Associação Nacional de Empresas de Bebidas Espirituosas diz continuar “empenhada em contribuir …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.