Início / Agricultura / Entrada em produção de novas plantações intensivas de amêndoa levam a aumento de 20% na colheita

Entrada em produção de novas plantações intensivas de amêndoa levam a aumento de 20% na colheita

O investimento na plantação de novos amendoais teve “evidentes reflexos na produção”, revela o Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Outubro de 2021, do Instituto Nacional de Estatística (INE).

As condições meteorológicas promoveram um adiantamento do ciclo vegetativo nas amendoeiras, pelo que a colheita da amêndoa está praticamente concluída, refere o Boletim Mensal.

A entrada em produção das novas plantações intensivas de amêndoa, quer nas principais regiões produtoras (Trás-os-Montes e Alentejo), quer noutras regiões com menor tradição nesta cultura (Beira Interior), permitiram um aumento de 20% na produção, face à campanha anterior, devendo alcançar as 38 mil toneladas (o maior valor desde 1997) de amêndoas com bom calibre e qualidade.

Realçam os técnicos do Instituto Nacional de Estatística que “o interesse nesta cultura é claramente reflectido no incremento da área de amendoais, que entre 2010 e 2020 aumentou 95% e, de forma ainda mais expressiva (sobretudo devido à intensificação dos novos pomares), no aumento da produção, tendo passado das 7,7 mil toneladas em 2011, para as 37,9 mil toneladas previstas em 2021, o que corresponderá a uma variação de +394%.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 more

Verifique também

Produtores de leite da Póvoa de Varzim em risco de falência pedem para serem pagos ao preço mínimo de 38 cêntimos/litro

Partilhar             more  Caso não exista um aumento do preço do leite a breve prazo, toda a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.