Início / Empresas / Empresa da Comunidade Portuária de Setúbal integra candidatura internacional em projecto eólico

Empresa da Comunidade Portuária de Setúbal integra candidatura internacional em projecto eólico

O Porto de Setúbal vê a Etermar Engenharia e Construção, empresa da CPS – Comunidade Portuária de Setúbal, constituir-se como uma das parceiras da multinacional alemã de energias renováveis BayWa r.e., num projecto eólico, o primeiro não subsidiado no Mundo, para o qual foi apresentada uma candidatura oficial junto do Governo de Portugal.

A Etermar contribui para este projecto, que prevê o desenvolvimento de um parque eólico flutuante com 30 turbinas e até 600 megawatts, ao largo de Viana do Castelo, “aliando as suas soluções inovadoras de concepção e fabricação de plataformas flutuantes e sua longa experiência em fabricação de caixotões, com as condições únicas da sua nova sede e cais privativo, em Sta. Catarina, Setúbal, permitindo incorporar um elevado valor acrescentado nacional na fabricação e colocação no mar das 30 turbinas”, refere uma nota de imprensa do Porto de Setúbal.

Etermar exportadora

As soluções de fabricação e deslize de plataformas flutuantes de betão fabricadas pela Etermar já começaram a ser aplicadas em concursos para parques eólicos fora de Portugal.

Recorda a mesma nota que o início de actividade da Etermar remonta a 1968, sendo “uma das mais experientes empresas europeias no sector da engenharia hidráulica e especializada na instalação de condutas submarinas, dragagens e construção portuária, sendo bom exemplo da sua capacidade a execução de vários projectos no Porto de Setúbal”.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Opinião Confagri. Cooperativismo: um setor para o futuro!

Partilhar              Opinião de Nuno Serra, Secretário-Geral Adjunto da Confagri — Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas Existe …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.