Início / Mar / Construção Naval / Embarcação salva-vidas totalmente construída na Arsenal do Alfeite entregue à Marinha

Embarcação salva-vidas totalmente construída na Arsenal do Alfeite entregue à Marinha

A Arsenal do Alfeite entregou à Marinha esta quinta-feira, 16 de Dezembro, uma embarcação salva-vidas, totalmente construída naquele estaleiro, com vista ao reforço do dispositivo do salvamento em Portugal anuncia a Marinha Portuguesa em nota de imprensa.

​O acto protocolar ocorreu em cerimónia realizada nas instalações da Arsenal do Alfeite e contou com a presença do Chefe do Estado-Maior da Armada e Autoridade Marítima Nacional, almirante António Mendes Calado, com o presidente do conselho de administração da Arsenal do Alfeite, José Luís Serra, o presidente do conselho de administração da IdD Portugal Defence, Mário Capitão Ferreira, entre outras entidades.

A construção desta embarcação, de 15 metros de comprimento e 4,30 metros de boca, envolveu recursos da indústria nacional, assim como todo o projecto foi desenvolvido pela engenharia do estaleiro.

Das principais características inerentes a este projecto, destacam-se que a embarcação é autoendireitante, opera com uma autonomia mínima de 150 milhas náuticas, a uma velocidade máxima contínua de 28 nós e à velocidade de cruzeiro de 15 nós e tem capacidade para albergar 12 pessoas para além da guarnição.

Esta embarcação salva-vidas, será agora submetida a uma série de testes, a uma fase de treino, sendo posteriormente cedida em reforço dos meios da Direcção-Geral da Autoridade Marítima, no âmbito da sua missão de salvamento, vigilância e reconhecimento em condições de mar tempestuoso e em zonas de rebentação.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Chega recomenda ao Governo reversão da extinção das Direcções Regionais de Agricultura

Partilhar              O Grupo Parlamentar do Chega (CH) recomenda ao governo que “reverta a decisão de extinção …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.