Início / Agricultura / EJP Soil quer conhecer os obstáculos para uma gestão sustentável do solo. Inquérito disponível aqui

EJP Soil quer conhecer os obstáculos para uma gestão sustentável do solo. Inquérito disponível aqui

O EJP Soil, um Programa Conjunto Europeu de Gestão de Solos Agrícolas que aborda os principais desafios sociais, incluindo as alterações climáticas e o futuro abastecimento alimentar, tem um inquérito em curso, a decorrer em 24 países em simultâneo. O objectivo é entender as perspectivas “sobre os desafios mais prementes do solo no nosso País. Quais são as lacunas de conhecimento, as necessidades de investigação e os obstáculos para uma gestão sustentável do solo”.

Deste Programa Conjunto Europeu de Gestão de Solos Agrícolas faz parte o INIAV — Instituto Nacional de Pesquisa Agrária e Veterinária.

O objectivo geral do programa EJP Soil é construir um sistema de investigação integrado europeu sustentável e desenvolver e implementar um quadro de referência sobre a gestão sustentável e inteligente do solo agrícola em termos climáticos.

O EJP Soil reúne um grupo de 26 parceiros de 24 países europeus, mais de 400 cientistas num programa de 5 anos (2020 – 2025).

O Programa considera a necessidade de soluções políticas eficazes e de uma abordagem estratégica multi-actores que permita iniciar o diálogo inter-sociedade e a implementação de melhores práticas.

O inquérito de consulta europeia pretende que as respostas dos agricultores ajude o EJP Soil a “propor intervenções relevantes para melhorar a disponibilidade e a utilização de conhecimentos sobre a gestão sustentável do solo em apoio à transição ecológica”.

Este inquérito tem 4 secções. Estima-se 10-15 minutos para responder. Aceda ao inquérito aqui.

Saiba mais sobe o EJP Soil aqui.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

CCIP promove conferência “Sustentabilidade e Competitividade” em parceria com Novo Banco

Partilhar              A Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa (CCIP), em parceria com o Novo Banco e …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.