Início / Agricultura / EDIA promove Alqueva como destino de investimento para horticultura europeia

EDIA promove Alqueva como destino de investimento para horticultura europeia

A EDIA – Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva lidera uma missão institucional aos Países Baixos, até 20 de Maio, para apresentar o Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva e o potencial do agronegócio na região do Alentejo, com o apoio da ADRAL – Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo, no âmbito da iniciativa Invest in Alentejo.

A delegação é composta por várias entidades da região de Alqueva e responsáveis pelas diferentes áreas do agronegócio. Para além da EDIA e ADRAL, todos os principais agricultores e suas associações vão se juntar ao grupo (APBA – Associação de Proprietários e Beneficiários do Alqueva, AABA – Associação de Agricultores do Baixo Alentejo, ACOS – Agricultores do Sul, FAABA – Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo, Cooperativa de Beja e Brinches, Portugal Fresh – Frutas, Legumes e Flores e Olivum – Associação de Olivicultores do Sul), representando as diferentes áreas do agronegócio da região.

Fazem ainda parte desta delegação o Instituto Politécnico de Beja – Escola Superior Agrária de Beja, o COTR – Centro Operativo Tecnológico do Regadio, a Direcção Regional de Agricultura do Alentejo e o Ministério da Agricultura.

“Vamos apresentar todo o ecossistema do Empreendimento Multiusos do Alqueva e mostrar as ferramentas que a EDIA dispõe para ajudar investidores e novos agricultores na região, nomeadamente, a disponibilização de informação climática sobre a região, das terras disponíveis para venda, aluguer ou parcerias, de mapas e informação sobre os solos, e de informação do Sistema de Informação Geográfica (SIG) referente à região e a todo o projecto. Assim como, a promoção do intercambio entre agricultores para benchmark de novos projectos e novas tecnologias e a partilha de mapas de um sistema desenvolvido pela EDIA e Instituto Politécnico de Beja – Escola Superior Agrária de Beja que combina a aptidão para uma determinada cultura e localização, e as solicitações da cultura, solo e clima”, destaca José Pedro Salema, presidente do conselho de administração da EDIA.

Por sua vez, João Grilo, presidente da ADRAL – Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo, salienta que “o Empreendimento Multiusos do Alqueva é o maior projecto hidroagrícola realizado em Portugal e a sua relevância é decisiva no desenvolvimento e internacionalização da região do Alentejo, ao tocar áreas como o abastecimento público de água, agricultura e agroindústria, energia e turismo. Enquanto líderes da iniciativa Invest In Alentejo, apoiamos esta missão na procura de potenciais empresas e investidores no sector hortícola de alta e média tecnologia, e que acompanhem as tendências de eficiência ao nível de recursos e da sustentabilidade”.

A iniciativa Invest in Alentejo, liderada pela ADRAL e financiada pelo Programa Alentejo 2020, tem como missão reforçar a internacionalização de bens e serviços da região Alentejo, assentes nos principais domínios da estratégia regional de especialização inteligente (EREI).

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Cotações – Cereais – Informação Semanal – 13 a 19 Junho 2022

Partilhar              Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas Cereais Outono-Inverno Esta semana foi dada …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.