Início / Empresas / Ecoslops exporta tecnologia desenvolvida em Sines para a francesa Total

Ecoslops exporta tecnologia desenvolvida em Sines para a francesa Total

A Ecoslops, a micro refinaria responsável por reconverter os resíduos petrolíferos de todo o Porto de Sines, acaba de fechar uma parceria com a francesa Total para replicar em Marselha a tecnologia que, até agora, fazia de Sines um caso único no mundo.

As duas empresas assinaram um memorando de entendimento para formar uma parceria para estudar a instalação de uma micro refinaria na zona de La Mède, perto de Marselha. A decisão final é tomada no final de 2017.

Há vários meses que a Total está a estudar o caso de Sines, onde a Ecoslops chegou há cerca de um ano para instalar uma das tecnologias mais inovadoras do sector e é hoje responsável pelo tratamento e reutilização dos chamados ‘slops’ – os resíduos petrolíferos acumulados pelos grandes navios – e transformação em produtos reutilizáveis.

Investimento de 18 M€

O investimento totalizou 18 milhões de euros, com cerca de um terço de financiamento comunitário e apoiado pelo Estado português.

O trabalho da Ecoslops no Porto de Sines tornou-se um caso de estudo mundial que está a chamar a atenção de vários portos de referência mundiais, que visitaram já as instalações da refinaria em Sines para uma possível implementação da tecnologia. É o caso dos Portos do Norte da Europa, onde as conversações estão já bastante avançadas, a Costa do Marfim e Singapura.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Furto de alfarroba não pára. GNR apreende mais 434 quilos em Silves

Partilhar              A Guarda Nacional Republicana (GNR) informa que o Comando Territorial de Faro, através do Posto …

Um comentário

  1. Excelente trabalho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.