Início / Empresas / Ecocentro Municipal da Lousã já encaminhou mais de 210 toneladas de resíduos

Ecocentro Municipal da Lousã já encaminhou mais de 210 toneladas de resíduos

O Ecocentro Municipal da Lousã recebeu e encaminhou, até ao momento, mais de 210 toneladas de resíduos diversos, como resíduos de equipamentos eléctricos e electrónicos (REEE), “monos/monstros”, madeiras, resíduos de construção e demolição, papel, cartão, ferro, têxteis entre outros.

Em nota de imprensa, a autarquia adianta que este equipamento, instalado na Zona Empresarial do Alto do Padrão, é um local onde os munícipes podem depositar gratuitamente os resíduos que, pelas características e/ou dimensões, não podem ser depositados nos contentores de lixo ou ecopontos disponíveis na via pública.

Durante o primeiro semestre de funcionamento, foram recepcionados, triados e encaminhados 64 toneladas de monstros, sendo de destacar o complemento efectuado entre este equipamento e o serviço gratuito de recolha destes resíduos disponibilizado pela autarquia.

A mesma nota destaca que, especificamente neste tipo de resíduos e devido ao trabalho de triagem que o ecocentro possibilita, regista-se uma diminuição média de cerca de 70% de monstros depositados em aterro quando comparado com o ano de 2021.

Do Ecocentro foram, também, encaminhados para reciclagem 22 toneladas de resíduos de equipamentos eléctricos e electrónicos (REEE). Esta fileira tem especial relevância pelo potencial médio de reciclagem de mais de 80%, os REEE representam uma fonte extraordinária de recursos, contendo não apenas plásticos e metais ferrosos, mas, também, outro tipo de metais.

Registou-se, ainda, o depósito e encaminhamento de 58 toneladas de madeira, que foram encaminhados para transformação em aglomerado, e foi possível o encaminhamento adequado de 52 toneladas de resíduos de construção e demolição.

Foram ainda encaminhados cerca de 20 toneladas de têxteis, plástico, metal, papel, cartão, óleos e monstros metálicos (vulgo sucatas).

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

CAP promove debate sobre Planos de Gestão de Região Hidrográfica 2022-2027

Partilhar              A CAP — Confederação dos Agricultores de Portugal promove no auditório da sua sede, em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.