Início / Lazer / Desporto / É oficial. Pesca lúdica permitida a partir de 5 de Abril

É oficial. Pesca lúdica permitida a partir de 5 de Abril

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O desconfinamento da pesca lúdica é uma realidade próxima. Vai poder ser praticada a partir de 5 de Abril. Quem o diz é a DGRM — Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos.

Informa aquela Direcção que a pesca lúdica, “pode ser equiparada a uma modalidade desportiva de baixo risco, confirmando-se que a referida actividade poderá, de acordo com o Plano de Desconfinamento em curso, ser praticada a partir do dia 5 de Abril, sem prejuízo de o calendário poder ser alterado em função da evolução dos critérios epidemiológicos em Portugal continental”.

Refira-se que as Câmaras Municipais do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina exigiram hoje o fim da proibição da pesca lúdica naquelas regiões.

Alegam os autarcas de Aljezur, Odemira, Sines e Vila do Bispo que fazem eco do sentimento das populações destes concelhos, defendendo que a pesca lúdica deve ser “encarada como uma actividade desportiva que ajuda a economia familiar, mas também contribui para manter a mente e o corpo sãos”.

A DGRM – Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos, tem como missão o desenvolvimento da segurança e dos serviços marítimos, incluindo o sector marítimo-portuário, a execução das políticas de pesca, da aquicultura, da indústria transformadora e actividades conexas, a preservação e conhecimento dos recursos marinhos, bem como garantir a regulamentação e o controlo das actividades desenvolvidas nestes âmbitos.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Arruda dos Vinhos tem Plano Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas em consulta pública

Partilhar              A Câmara Municipal de Arruda dos Vinhos aprovou, na reunião realizada no dia 26 de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.