Início / Agricultura / DRAP Algarve processa pagamentos aos produtores afectados pelo incêndio nos concelhos de Aljezur e Monchique

DRAP Algarve processa pagamentos aos produtores afectados pelo incêndio nos concelhos de Aljezur e Monchique

A DRAP Algarve — Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve informa que, após confirmação no local dos prejuízos declarados, processou no passado dia 6 de Setembro, em articulação com o Gabinete de Planeamento, Políticas e Administração Geral (GPP), os pagamentos aos produtores localizados na sua área de intervenção territorial, cujos efectivos pecuários foram afectados pelo incêndio ocorrido durante os primeiros dias de Agosto nos concelhos de Aljezur e Monchique, com origem em Odemira.

Este incêndio provocou a destruição nomeadamente de pastos usados na alimentação dos animais das espécies bovina, ovina e caprina.

Este pagamento decorre da implementação do Despacho Normativo n.º 11/2023 da ministra da Agricultura e da Alimentação, Maria do Céu Antunes, publicado em 22 de Agosto de 2023, que criou um apoio financeiro extraordinário para aquisição pelos agricultores lesados de alimentos no mercado, refere uma nota de imprensa da DRAP Algarve.

O incêndio no concelho de Odemira teve início no dia 5 de Agosto e foi dado como dominado às 10h15 do dia 9, seis dias depois de ter deflagrado numa área de mato e pinhal na zona de Baiona, na freguesia de São Teotónio.

O fogo chegou a entrar nos municípios algarvios de Monchique e Aljezur e a área ardida ascende a cerca de 8.400 hectares, num perímetro de 50 quilómetros.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Associação Empresarial da Póvoa de Varzim celebra 131 anos de existência

Partilhar              A AEPVZ — Associação Empresarial da Póvoa de Varzim assinalou, este sábado, o seu 131º …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.