Início / Featured / Dois passageiros evacuados do navio Saga Sapphire

Dois passageiros evacuados do navio Saga Sapphire

Um helicóptero EH-101, da Força Aérea Portuguesa (FAP), efectuou durante o dia de ontem, 23 de Fevereiro, a evacuação médica de dois passageiros, de 78 e 79 anos e de nacionalidade britânica, com diagnóstico de bradicardia sintomática e AVC respectivamente, do navio de cruzeiro Saga Sapphire, que navegava a cerca de 290 milhas náuticas (536 quilómetros), a nordeste da ilha Terceira, diz a Marinha Portuguesa.

Esta operação foi coordenada pelo Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC Delgada), que recebeu o pedido de auxílio pelas 12h00, horas locais, do dia 23 de Fevereiro, de imediato contactou o Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODUMAR) do INEM, o qual, após falar com o comando do navio, identificou a necessidade de evacuação urgente dos passageiros.

Após a informação do CODUMAR, o MRCC Delgada solicitou ao RCC Lajes o empenhamento dos meios aéreos da FAP e a condução das operações de evacuação do doente. Para o efeito foram empenhados um helicóptero EH-101 Merlin e uma aeronave de asa fixa C-295, ambos destacados na Base Aérea n.º 4, nas Lajes.

A evacuação dos passageiros foi executada com sucesso, tendo o helicóptero aterrado cerca das 19h35, no Aeroporto de Ponta Delgada, ilha de São Miguel, e dali transferidos para uma ambulância destacada pelo Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA), que os encaminhou ao serviço de urgência do Hospital do Divino Espírito Santo.

As condições meteorológicas na zona de operações eram de vento moderado/forte do quadrante Oeste e ondulação de cerca de 2 metros.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Produtores apresentam projecto de promoção da Maçã de Alcobaça em mercados externos

Partilhar              A APMA – Associação dos Produtores de Maçã de Alcobaça vai apresentar amanhã, 3 de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.