Início / Featured / Docapesca doa 8 toneladas de peixe fresco a famílias carenciadas

Docapesca doa 8 toneladas de peixe fresco a famílias carenciadas

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Docapesca – Portos e Lotas entregou, nos últimos três meses, a 21 juntas de freguesia, cerca de oito toneladas de pescado fresco no âmbito dos programas de apoio a famílias carenciadas das comunidades em que as lotas se inserem e cujas condições se agravaram com o eclodir da pandemia de Covid-19.

“Este pescado foi comprado em 13 lotas de Norte a Sul do País, beneficiando também a comunidade piscatória que está a ser igualmente afectada pela pandemia, e envolveu as lotas de Viana do Castelo, Póvoa de Varzim, Matosinhos, Aveiro, Figueira da Foz, Nazaré, Peniche, Sesimbra, Sines, Sagres, Rio Arade, Quarteira e Olhão”, salienta um comunicado da Docapesca.

Programa mantém-se até ao final do ano

O programa acordado com as juntas de freguesia vai prolongar-se até ao final do ano contemplando a doação semanal de 100 kg de pescado por lota.

A iniciativa da Docapesca insere-se na vertente social da campanha de relançamento do CCL – Comprovativo de Compra em Lota, uma etiqueta que garante que o pescado é capturado exclusivamente por embarcações nacionais em águas portuguesas.

A Docapesca – Portos e Lotas é uma empresa do Sector Empresarial do Estado tutelada pelo Ministério do Mar, que tem a seu cargo, no continente, o serviço da primeira venda de pescado e o apoio ao sector da pesca e respectivos portos, dispondo de 22 lotas e 37 postos.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Federação Agrícola dos Açores envia carta a Costa a pedir a manutenção do Orçamento Posei Pós-2020

Partilhar            A Federação Agrícola dos Açores continua a “envidar esforços de sensibilização e de apoio à …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.