Início / Agricultura / Dicas para uma boa cultura da banana? Direcção Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural da Madeira explica

Dicas para uma boa cultura da banana? Direcção Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural da Madeira explica

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A bananeira é uma planta originária do Sudeste asiático, apresentando melhor desenvolvimento vegetativo em locais com humidade relativa superior a 80% e com temperaturas médias mensais entre os 24 e os 29ºC. Na Região Autónoma da Madeira “encontramos as condições climáticas mais adequadas ao cultivo da bananeira na zona Sul da ilha, até à cota dos duzentos metros de altitude, onde a cultura encontra as melhores condições para o seu desenvolvimento”.

Assim começa o artigo de Alexandra Azevedo, da Direcção Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural da Madeira. E acrescenta que “as temperaturas amenas, a boa exposição solar das encostas, a água em abundância, a proximidade do mar e a fertilidade dos solos permitem produzir um fruto com características muito próprias”.

No seu artigo, intitulado “As operações culturais na bananeira“, Alexandra Azevedo refere que “esta qualidade diferenciadora deve-se não só aos factores naturais, como também ao saber dos agricultores, mais especificamente das operações culturais recomendadas para o bom desenvolvimento vegetativo das bananeiras, realizadas com respeito às especificidades da nossa agricultura”.

E o agriculturaemar.com aqui transcreve as operações culturais recomendadas:

Monda – Controlar as infestantes com máquinas ou ferramentas, com aplicação de herbicidas ou recorrendo ao “mulching”, em que a cobertura do solo com material vegetal, para além de reduzir o crescimento das infestantes, também permite conservar a humidade do solo, melhorar a sua fertilidade e aumentar os teores de matéria orgânica.

Desfilhamento – Seleccionar só uma filha ou canhota para manter a densidade de plantação recomendada e para impedir a competição entre as plantas.

Limpeza das folhas – Eliminar as folhas velhas que já não têm actividade fotossintética ou que podem danificar o fruto. Esta operação favorece o arejamento e a entrada de luz na plantação;

Limpeza das flores – Realizar esta operação no momento certo, quando se forma um círculo negro na zona apical do fruto, onde se insere a flor, para evitar o aparecimento da ponta de charuto, doença que se manifesta pela instalação do fungo Verticillium theobromae, ou impedir o alojamento da traça do cacho, Opogona sacchari, que desvalorizam a qualidade comercial da fruta.

Tutoramento – Colocar as estacas nas bananeiras para que as plantas não caíam com o peso do cacho ou pela acção do vento. Também pode ser utilizado a amarração aérea.

Corte do pseudocaule – Manter o pseudocaule da planta após a colheita do cacho, pois ocorrem translocações da seiva da “mãe” para a “filha”. Quando a “filha” está desenvolvida, recomenda-se abrir em duas partes o pseudocaule da bananeira cortada, que devem ficar com o interior voltado para cima, para acelerar a sua decomposição e evitar que o gorgulho da bananeira se instale.

Eliminação do “pinguelo” – Para acelerar o crescimento ou “enchimento” dos frutos. Esta operação também é importante para a diminuição das populações de tripes que encontram abrigo nas flores.

Colocação da manga plástica nos cachos – Para proteger os frutos dos insectos, caracóis, pássaros e dos atritos mecânicos, como do granizo ou do roçar das folhas. A manga plástica mantém o cacho com melhor equilíbrio térmico, o que proporciona um enchimento mais rápido e uniforme. Como aumenta a humidade no seu interior, é importante manter o arejamento, para evitar o desenvolvimento de fungos.

Fertilização – Aplicar os fertilizantes de forma fraccionada ao longo do ano considerando a aplicação de fertilizantes com micronutrientes como zinco, cobre, boro e ferro. Para uma fertilização mais equilibrada, devem ser realizadas análise do solo pelo menos de 4 em 4 anos, permitindo efectuar as correcções necessárias.

Calagem – Aplicar calcário dando prioridade aos correctivos dolomíticos, ricos em magnésio.

Rega – Realizar esta operação de forma regular para um bom desenvolvimento vegetativo das plantas, evitando situações de stress hídrico, com períodos de encharcamento seguidos de seca prolongada.

Tratamentos fitossanitários – Aplicar produtos fitofarmacêuticos autorizados/homologados para a cultura da bananeira, respeitando as concentrações recomendadas e os intervalos de segurança.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Cuidado com a queima de sobrantes florestais. GNR identifica homem de 78 anos por incêndio em Vila Real

Partilhar              O Comando Territorial de Vila Real da Guarda Nacional Republicana (GNR), através do Núcleo de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.