Início / Empresas / Dedalmania prepara-se para entrar no mercado britânico

Dedalmania prepara-se para entrar no mercado britânico

As grandes lojas de roupa fazem os seus arranjos na Dedalmania, uma empresa portuguesa de costura que há 12 anos realiza arranjos para marcas conhecidas de moda. Fundada em Outubro de 2003, tem entre 12 a 15 costureiras e alfaiates, consoante a procura. E prepara-se para entrar no mercado do Reino Unido.

A responsável da empresa, Rute Trindade, vive em Londres e aí descobriu um “market gap” importante no Reino Unido pelo serviço que presta em Portugal. “É um mercado gigantesco, carente de empresas profissionais de arranjos de roupa, como o serviço que a Dedalmania Arranjos De Costura já proporciona há mais de uma década em Portugal”, refere Rute Trindade.

“Tanto a nível de retalho como a nível grossista há uma procura enorme que procuraremos satisfazer dando baby steps mas com a determinação de fazer esta marca portuguesa vencer em terras de Sua Majestade. Vamo-nos chamar The Thimble (O Dedal)”, revela.

A diferenciação da sua oferta face à concorrência prende-se, de acordo com a empresária, com o facto de este ser um negócio muito sensível para as grandes marcas, para as quais não é só importante a venda, mas também o pós-venda.

“A sua base de clientes faz-se de clientes que voltam e voltam e voltam, confiando que aquilo que compram se ajustara aos seus requisitos. Para alem da qualidade e precisão dos arranjos, é fundamental o cumprimento de prazos de entrega, a resolução de reclamações e o profissionalismo da relação comercial envolvida”, afirma.

Serviços a lojas de luxo

Esta empresa portuguesa actua em dois mercados distintos. Particulares que se dirigem à empresa directamente, visitando a sede em Lisboa e que pretendem um serviço personalizado; os clientes particulares em geral provêem de recomendações de outros clientes e das lojas com as quais a Dedalmania trabalha há muitos anos.

O segundo mercado, o mais importante em termos de volume, são as lojas de roupa de luxo da Grande Lisboa e que providenciam aos seus clientes os arranjos da roupa que estes compram e que exigem que aquilo que compram, uma vez ajustado, esteja exactamente como se viesse directamente da fábrica.

A empresa, entre dezenas de clientes distribuídos por toda a cidade de Lisboa, fornece arranjos às principais lojas de luxo da capital, como Carolina Herrera e a Purificacion Garcia, entre muitas outras marcas de primeira linha situadas em zonas como a Avenida da Liberdade, Chiado e mesmo em Cascais.

 

Rute Trindade iniciou a Dedalmania por recomendação do marido, hoje director de um banco espanhol na City e que a desafiou a fazer algo diferente num sector que claramente estava mal servido neste tipo de serviço na área da Grande Lisboa.

“Tive a sorte de na minha vida profissional acumular experiência em empresas de diferente índole e com ligação estreita ao marketing e aos serviços. Depois de uma carreira profissional de 13 anos resolvi deixar tudo e criar a Dedalmania. Comecei como franchisada de uma marca de lavandarias e de uma marca de bijuteria até me tornar independente de ambos e criar um modelo de negócio completamente diferente e virado mais para o cliente, tomando-o como o centro da nossa actividade e desenvolvendo sinergias entre o retalho e o serviço a clientes particulares”, conta Rute Trindade.

A Dedalmania é também consultora de lojas, dando formação, partilhando conhecimento e aconselhamento quanto à forma de proceder a arranjos e afins. Finalmente, se necessário, o cliente final que compra as peças, pode contar com a posterior disponibilidade da Dedalmania para o arranjo/ajustamento das peças adquiridas nas lojas de referência.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

CAP analisa evolução do sector agrícola na última década em webinar gratuito

Partilhar              A CAP — Confederação dos Agricultores de Portugal realiza no próximo dia 27 de Maio, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.