Início / Agricultura / Decréscimo da produção de frango e ovos de galinha para consumo em Janeiro de 2020

Decréscimo da produção de frango e ovos de galinha para consumo em Janeiro de 2020

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O volume de produção de frango em Janeiro de 2020 teve um decréscimo de 16,7% (+10,1% em Dezembro), com 21.584 toneladas. O número de cabeças foi inferior em 18,0% (-1,6% em Dezembro), revela o Instituto Nacional de Estatística (INE), no seu Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Março de 2020.

A produção de ovos de galinha para consumo apresentou uma redução de 2,3% (-4,3% em Dezembro), com 9.339 toneladas produzidas.

Manutenção na recolha de leite de vaca e maior volume de produtos lácteos

No que diz respeito à recolha de leite de vaca, foi 157,5 mil toneladas em Janeiro de 2020, o que indica uma variação positiva de 0,1% (+3,4% em Dezembro), diz o Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Março de 2020.

O volume de produtos lácteos foi superior em 1,8% (-6,4% em Dezembro), devido à maior produção de leite para consumo (+1,1%), nata para consumo (+61,9%) e manteiga (+7,2%). Contudo, a produção de queijo diminuiu 4,7% e a de leites acidificados 0,5%, acrescentam os técnicos do INE.

Aves e coelhos abatidos: maior volume de abate de galináceos, perus e patos

Já o peso limpo total de aves e coelhos abatidos e aprovados para consumo foi 29 234 toneladas em Janeiro de 2020, o que representou um acréscimo de 0,6% (+18,2% em Dezembro), devido ao maior volume de galináceos (+0,7%), perus (+0,3%) e patos (+15,9%). Em contrapartida, as codornizes e os coelhos registaram diminuições de 60,0% e 5,0%, respectivamente.

No que diz respeito ao número de cabeças abatidas, observaram-se decréscimos para os galináceos (-2,3%), perus (-1,7%), codornizes (-61,1%) e coelhos (-5,6%). Pelo contrário, os patos registaram um acréscimo de 1,7%.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Finanças querem Navio Gil Eannes a pagar Imposto Municipal sobre Imóveis. Câmara de Viana do Castelo avança para tribunal

Partilhar            A Autoridade Tributária quer que o Navio Museu Gil Eannes passe a pagar Imposto Municipal …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.