Início / Agenda / Curso de degustação da Escola Superior de Azeite está de volta em Junho

Curso de degustação da Escola Superior de Azeite está de volta em Junho

O curso “Primer Grado en Cata de Aceite de Oliva Virgen”, que a Escola Superior de Azeite tem realizado há 11 edições em diferentes províncias espanholas, como Valência, Barcelona e Maiorca, retorna este ano em Junho em duas edições, em Valdepeñas e Valência. Além disso, uma nova edição será realizada em Sevilha durante o mês de Setembro.

“O mundo da degustação e análise sensorial do azeite de oliva virgem às vezes pode ser difícil e complexo. Este curso não só trabalha a análise sensorial, mas também tudo o que o rodeia”, diz Susana Romera, directora técnica da escola e responsável pelo curso.

Para o sector profissional

Este curso é direccionado para o sector profissional — funcionários de lagares —, bem como amadores, estudantes e qualquer pessoa interessada no mundo do azeite virgem.

“Com estas novas edições pretendemos fazer formação aos estudantes que vêm da Extremadura, Portugal, Andaluzia, Castilla la Mancha e Levante. Em todas estas áreas há uma produção muito importante de azeite virgem e uma crescente necessidade e interesse em aprender mais sobre a degustação do azeite”, diz Marta González, directora executiva da Escola do Azeite.

O curso é dirigido por Susana Romera, directora técnica da Escola de Azeite, e terá como oradores um grupo de profissionais “cuidadosamente seleccionados”.

Além disso, a Escola anuncia a edição de 2018 do próximo nível do mesmo curso, intitulado, “Segundo Grau em Prova de Azeite Virgem”, de 12 a 14 de Junho em Valência.

Mais informações aqui.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

ASAE doa 400 quilos de carne apreendidos em entreposto frigorífico ao Jardim Zoológico da Maia 

Partilhar              A ASAE — Autoridade de Segurança Alimentar e Económica acaba de doar ao Jardim Zoológico …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.