Início / Agricultura / Cultura do medronho. Como começar? Como produzir? Como vender? Saiba tudo no Guia de Apoio ao Empreendedor do CCRES

Cultura do medronho. Como começar? Como produzir? Como vender? Saiba tudo no Guia de Apoio ao Empreendedor do CCRES

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sente-se com espírito empreendedor na área agrícola e tem interesse pela cultura do medronho e não sabe como começar o seu projecto? Pois o Centro de Competências dos Recursos Silvestres (CCRES) pode ajudá-lo, através do seu folheto “Medronho, Guia de Apoio ao Empreendedor”, a saber como começar, como produzir e como vender.

Explica aquele Centro que quem tiver interesse em explorar este recurso, antes de tudo, deverá definir o produto a aproveitar, podendo ser um ou vários dos seguintes: fruto fresco; fruto desidratado; fruto para produção de aguardente de medronho; ramos para arranjos florais.

O medronheiro (Arbutus unedo L) é uma árvore frutífera e ornamental da família Ericaceae. É uma planta nativa da região mediterrânica e Europa Ocidental podendo ser encontrada tanto a Norte como a Oeste da França e Irlanda. O seu fruto é denominado medronho. Em Portugal, pode ser encontrado por todo o País, mas a maior concentração ocorre nas serras do Caldeirão e Monchique.

É um arbusto que pode atingir os dez a doze metros, apresenta a copa densa e arredondada, sobretudo numa fase inicial de desenvolvimento. O fruto é globoso, granuloso, verrugoso, de cor amarelada e por fim avermelhada quando maduro, sendo comestível.

Como produzir?

Acrescenta o folheto “Medronho, Guia de Apoio ao Empreendedor” que um medronheiro pode produzir excepcionalmente uma arroba (15 Kg) de fruto por ano, ficando em média entre os 7 e os 9 Kg.

Para quem tiver interesse em transformar o fruto em aguardente, importa referir que a despesa da apanha e respectivo transporte do medronho até à adega representa cerca de 56% do valor de produção. O medronho é destilado em alambique, sendo necessário uma arroba de fruto para produzir 1,5 a 2 litros de aguardente.

A aguardente de medronho pode atingir preços na ordem dos 7,5 a 20 euros por litro, dependendo do estatuto do comprador (particular ou intermediário), da zona onde foi produzida e da certificação, nomeadamente em Modo Biológico.

Além da produção da aguardente de medronho, existe um aumento da procura de rama verde para arranjos florais, estando o seu uso como espécie ornamental em expansão. Devido à abundância da sua floração, o medronheiro é uma espécie com interesse do ponto de vista apícola.

A sua madeira constitui um excelente combustível sendo também boa para tornear. Os ramos mais jovens são utilizados em cestaria, as folhas podem servir para forragem e as folhas conjuntamente com as cascas podem ser utilizadas na indústria de curtumes.

Pode ler o folheto “Medronho, Guia de Apoio ao Empreendedor” completo aqui.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Cuidado com a queima de sobrantes florestais. GNR identifica homem de 78 anos por incêndio em Vila Real

Partilhar              O Comando Territorial de Vila Real da Guarda Nacional Republicana (GNR), através do Núcleo de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.