Início / Agricultura / Covid-19: CAP suspende atendimento presencial aos agricultores

Covid-19: CAP suspende atendimento presencial aos agricultores

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A CAP — Confederação dos Agricultores de Portugal informa que fecha o atendimento e aconselha as entidades receptoras a suspenderem o atendimento presencial aos agricultores por um período de 15 dias.

“O conjunto de medidas excepcionais para combater a expansão do Covid-19 adoptados em Portugal, só podem produzir efeito se todos as praticarmos”, explica um comunicado da Confederação.

Dadas às circunstancias, a CAP suspendeu o atendimento presencial aos agricultores durante duas semanas e aconselha as entidades receptoras a suspenderem também o atendimento nos próximos quinze dias.

Candidaturas

Existe a garantia do Ministério da Agricultura de criar as condições de prazo necessárias à realização das candidaturas, tendo em consideração as circunstâncias que se forem vivendo.

A CAP continua a sua actividade de apoio às entidades via e-mail e telefone, evitando o contacto pessoal.

“Faremos a avaliação da situação semanalmente, adaptando as medidas às restrições que forem existindo”, realça o mesmo comunicado.

Covid-19

Relembre-se que o surto de Covid-19 decretou o fecho de escolas em todo o País e restringiu a circulação dos portugueses, com o Governo a admitir prolongar o “estado de alerta” para lá de 9 de Abril.

Os coronavírus são uma família de vírus que podem causar infecções nas pessoas. Normalmente estas infecções afectam o sistema respiratório, podendo ser semelhantes à gripe ou evoluir para uma doença mais grave, como pneumonia.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Associação de Bebidas Espirituosas defende fim da proibição de venda de bebidas alcoólicas a partir das 20h00

Partilhar            A Anebe – Associação Nacional de Empresas de Bebidas Espirituosas diz continuar “empenhada em contribuir …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.