Início / Featured / Covid-19. Autarquia de Loulé limita acesso às praias e zonas costeiras

Covid-19. Autarquia de Loulé limita acesso às praias e zonas costeiras

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Câmara Municipal de Loulé, numa altura em que se aproximam as férias da Páscoa, aprovou medidas que visam reduzir ao mínimo indispensável a circulação de pessoas no concelho. Decidiu limitar o acesso às praias e zonas costeiras.

“Pretende-se assim evitar que a população saia de casa para passeios e aglomerações que possam constituir focos de contágio, numa acção preventiva da propagação do novo coronavírus neste território”, refere fonte institucional da autarquia.

Assim, o Posto de Comando Municipal, que está a acompanhar diariamente a situação no concelho, reuniu ontem por videoconferência e debateu diversas situações ocorridas no concelho, nomeadamente no que concerne ao afastamento social recomendado pelas autoridades.

Acesso a praias fechado

Neste sentido, e com o objectivo de dissuadir a população de realizar passeios em grupos ou em zonas onde se juntem aglomerados de pessoas, como se tem verificado nos últimos dias em certas áreas naturais do concelho, decidiu-se condicionar os acessos às praias do Trafal, Loulé Velho e Almargem, assim como encerrar os parques de estacionamento nas zonas do litoral, em Almancil: no Garrão Nascente, Vale do Lobo, Quinta do Lago, Dunas Douradas e Ancão, e, em Quarteira, no Passeio das Dunas.

Estas duas iniciativas surgiram por sugestão da Autoridade Marítima e da Guarda Nacional Republicana, respectivamente, duas entidades que têm trabalhado diariamente com a edilidade na implementação de medidas que contribuam para fazer frente ao surto pandémico que está a atingir o mundo.

Licenças Especiais de Ruído

Por outro lado, e com excepção das que se destinem à execução de obras particulares, o presidente da Câmara Municipal aprovou ainda a suspensão das emissões de Licenças Especiais de Ruído. Esta medida pretende dissuadir a realização de eventuais convívios e festas particulares propensas ao contacto social.

“Numa altura em que Portugal passou à fase da mitigação, estamos preocupados sobretudo porque se aproxima a Páscoa, um período em que o Algarve é, por excelência, o destino de férias de muitos portugueses. Por mais paradoxal que possa parecer estarmos a tomar estas medidas num concelho em que o turismo é determinante para a sua actividade económica, mas neste momento o mais importante são as condições de saúde dos nossos concidadãos. Acreditamos que as medidas hoje aprovadas irão contribuir para prevenir a propagação do novo coronavírus no concelho de Loulé”, considera o presidente da Câmara Municipal de Loulé, Vítor Aleixo.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Isabel Estrada Carvalhais: “Covid-19 continua a ter repercussões muito negativas no mercado da carne”

Partilhar            A eurodeputada portuguesa, Isabel Estrada Carvalhais, eleita pelo Partido Socialista (PS) manifestou preocupação face à …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.