Início / Agricultura / COTHN promove debate sobre combate ao aranhiço vermelho
Foto: Scott Justis

COTHN promove debate sobre combate ao aranhiço vermelho

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O COTHN — Centro Operativo e Tecnológico Hortofrutícola Nacional organiza, no próximo dia 8 de Junho, a partir das 16 horas, o webinar “O estado da arte sobre o aranhiço vermelho”.

De forma a avaliar a situação actual sobre a problemática do aranhiço vermelho, reúnem-se várias individualidades que irão apresentar os dados mais actuais acerca desta praga incluindo estratégias de protecção e novas formas de luta para a combater.

As inscrições são neste evento são gratuitas mas de registo obrigatório, aqui.

Aranhiço vermelho

O aranhiço vermelho (Panonychus ulmi) é um ácaro, da família dos tetraniquídeos, frequente em Portugal. Pode alimentar-se de plantas bastante diferentes, mas tem preferência por pomóideas, prunóideas e vinha.

Em condições de equilíbrio biológico, o aranhiço vermelho é controlado naturalmente pelos seus antagonistas e não constitui perigo para as culturas. Porém, sempre que esse equilíbrio é quebrado, em consequência do abuso de certos insecticidas e/ou fungicidas lesivos dos auxiliares (p. e. organofosforados, piretróides ou ditiocarbamatos), as populações do aranhiço podem crescer descontroladamente e assumir o carácter de praga, explica a DRAP Norte.

Assim, embora seja considerada praga secundária ou ocasional, o aranhiço vermelho pode desenvolver ataques graves nas vinhas onde se verifiquem desequilíbrios biológicos.

Programa

  • Boas Vindas:
    Carmo Martins (COTHN-CC)
    Miguel Costa (Sipcam)
  • Aranhiço vermelho – estratégias de protecção:
    Raul Rodrigues (ESAPL)
  • Estado da praga em diferentes regiões de Portugal:
    Eng. Sofia Lopes (Associação dos Fruticultores de Armamar)
    Eng.º Cristina Rosa (Granfer)
  • Apresentação do produto Mitacid plus:
    Eng.º Miguel Costa (Sipcam)
  • Discussão

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Petição contra a alteração da idade para assistir ou participar em touradas está a chegar aos 18 mil subscritores

Partilhar              O Conselho de Ministros aprovou no dia 14 de Outubro o decreto-lei que altera a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.