Início / Agricultura / Cotações – Suínos – Informação Semanal – 7 a 13 Fevereiro 2022

Cotações – Suínos – Informação Semanal – 7 a 13 Fevereiro 2022

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Na semana em análise registou-se uma nova recuperação das cotações médias nacionais dos porcos classe E e classe S em relação à semana anterior (+4 cêntimos / kg). Prossegue o decréscimo da cotação média nacional dos leitões de <12 kg (-2 cêntimos / kg) e a estabilidade da dos leitões de 19-25 kg.

Entre Douro e Minho

No Entre Douro e Minho a oferta e a procura de suínos para abate foram médias. Subida de cotações dos porcos classe E e classe S (+4 cêntimos / kg).

Beira Litoral

Na Beira Litoral a oferta de suínos para abate foi média e a procura foi relativamente fraca. A situação do mercado europeu continua afectada pelo facto da China não estar a importar o que seria expectável, criando excesso de oferta. A oferta de leitão para assar foi muito fraca e a procura foi fraca, o que é normal para a época, após a passagem das quadras festivas do Natal e Ano Novo.

Verificaram-se algumas dificuldades para assegurar a laboração em explorações e matadouros devido à existência de trabalhadores em isolamento por causa da Covid-19. Novo aumento de cotações dos porcos classe E e classe S (+4 cêntimos / kg) e estabilidade dos leitões de <12 kg.

Beira Interior

Na Beira Interior a oferta de suínos para abate foi média e a procura foi relativamente fraca. Acréscimo de cotações dos porcos classe E e classe S (+4 cêntimos / kg).

Ribatejo e Oeste

No Ribatejo e Oeste a oferta de suínos para abate foi média e a procura foi relativamente fraca. O mercado europeu encontra-se excedentário, uma vez que a China está a importar menos do que seria habitual. A oferta de leitão para assar foi muito fraca e a procura foi fraca, o que é normal para a época. Subida de cotações dos porcos classe E e classe S (+5 cêntimos / kg) e redução dos leitões de <12 kg (-8 cêntimos / kg).

Alentejo

No Alentejo a oferta de suínos para abate foi abundante e a procura foi média. A procura de leitão foi muito fraca (leitões de 19-25 kg) a fraca (leitões de <12 kg). Subida de cotações dos porcos classe E e classe S (+6 cêntimos / kg) e da cot. mín. dos leitões de 19-25 kg (+5 cêntimos / kg) e estabilidade dos leitões de <12 kg.

No Algarve os leitões de <12 kg e as porcas de refugo mantiveram-se estáveis.

Todas as cotações aqui.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Suinicultores preocupados e perplexos face ao ‘desaparecimento” da Secretaria de Estado da Agricultura

Partilhar              A direcção da FPAS — Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores expressa a sua “preocupação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.